Melquíades: um apaixonado por futebol

 

O técnico bicampeão do Veterano pelo Ranchão se tornou uma figura singular e cativa entre os boleiros. Muito animado, está sempre motivando seus jogadores, fazendo o estilo “paizão” do time. Estamos falando de Melquíades Scarpinete
Melquíades, tem 63 anos e nasceu na Fazenda Brejo Limpo, onde morou por décadas. “Passei minha vida toda , cresci, criei meu filhos e comecei a gostar de futebol”. Ele lembra que era realizada no final do ano uma festa de confraternização na fazenda, onde futebol e churrasco eram as principais atrações
Foi nessa época que conheceu o jogador Duca, que integra o elenco do Ranchão. “Era muito gostoso esse encontro, até o técnico Vadão, que é de Monte Azul, participava das brincadeiras com seu time bastante superior ao nosso, que deixava a gente fazer uns gols e depois viravam o jogo com goleadas”.
Ele conta que “sempre gostei muito de futebol, quando eu era mais novo, apitava e até joguei de centroavante, era pouco habilidoso e batia pênalti de dedão”.
Foi 1985 que Melquíades “encontrou a sua posição”, quando virou técnico. O primeiro título veio no torneio início daquele ano.
Sete anos depois viria a primeira grande conquista, o título do Varzeano de 1992 com o Brejo Limpo. “Montamos um time muito forte aquele ano e ganhamos a final da Pedreira, tínhamos jogadores como Gildo, Gerson, Thaíde, Joaquim e Roberto, sendo que esses estão comigo até hoje”.
PAIXÃO PELO FUTEBOL FOI HERDADA PELOS FILHOS
Melquíades tem cinco filhos com a esposa Tereza: Sílvia, Gildo e Gerson (gêmeos), Luzia e Lucinéia e mais 4 netos, que também gostam muito de futebol. “Desde pequenos eles sempre me acompanham nos jogos, incentivando, torcendo e dando apoio”.
Gildo e Gerson, inclusive tornaram-se jogadores, mas devido a uma lesão Gildo não joga mais. “É muito bom poder trabalhar em um time ao lado de dois filhos, é um orgulho”, declarou Melquíades.
VETERANO
Desde 2010, o técnico está à frente de boas campanhas no Veterano, disputando a semifinal dois anos e conquistando o bicampeonato pelo Ranchão. “Montamos o time em 2010 com o Brejo Limpo, mas como me mudei para a cidade ano passado o time recebeu o nome de Ranchão”, contou Scarpinete.
Independente da troca de nome, a Fazenda Brejo Limpo é patrocinadora do time, através da Nice Fruit, que tem a logomarca estampada nas costas da camisa. “O outro patrocinador é a Fazenda Boa Esperança, pertencente ao Décio Lopes, que é um grande amigo e irmão”, contou o comandante.
PLANOS PARA O FUTURO
O são paulino Melquíades afirma que, mesmo “dando muita dor de cabeça”, adora participar dos campeonatos, cuidar do time e antecipou que o Ranchão vai continuar forte em 2013, vai buscar alguns reforços, principalmente na zaga. Mas a grande mudança deve acontecer no banco de reserva, segundo o técnico, que pretende “passar o bastão” para o filho Gildo.
“Ele é meu assistente, porém no ano que vem ele vai assumir o time, pois entende e gosta muito de futebol. Eu, bom... vou continuar dando minha contribuição”, ressaltou.
Para encerrar, Melquíades adianta que volta à beira dos gramados ano que vem. “Até que teríamos condições de jogar a Várzea, com alguns reforços, mas prefiro descansar, vou apenas assistir das arquibancadas”.
 
Gerson e Gildo  fazem moldura para os pais Tereza e Melquíades na conquista do bicampeonato do Veterano.
 
O técnico relembra as conquistas em seu álbum.

Postado em 04/08/2012
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:5.474
Ontem:10.849
Total:16.323
Recorde:10.849
Em - 18/11/18