“Pancadões” tiram sossego dos moradores do lago

Força Tática usou bomba e gás para dispersar multidão na madrugada de domingo

Uma multidão de pessoas e diversos carros com som extremamente alto se concentraram nas duas vias da Av. Cel. Antenor Junqueira Franco, na parte de cima do Parque Débora Paro, na noite de sábado, obstruindo a passagem de veículos e incomodando os moradores das proximidades que reclamaram da bagunça e algazarra pelo 190.

O sargento Edson Hespanhol, comandante da PM, informou que como a equipe de serviço era insuficiente para dispersar a multidão foi solicitado apoio da Força Tática de Barretos e viatura de Jaborandi, que interviram para colocar fim ao “pancadão”. Segundo ele, mais de 300 pessoas estavam no local para beber e dançar ao som do funk.

“Os policiais foram recebidos com hostilidade pelos participantes, que lançaram garrafas e pedras, havendo confronto com o público sendo necessária a utilização de artefato químico (gás lacrimogênio) e bombas de efeito moral para dispersar a multidão. Houve várias autuações de trânsito e alguns veículos, abandonados no meio da via pública, foram guinchados e recolhidos ao pátio”, explicou Hespanhol. 

A grande participação nos “pancadões” se deve a mobilização feita pelos jovens nas redes sociais, concentrando não só os colinenses como também participantes de Barretos, Bebedouro, Monte Azul, Terra Roxa, Jaborandi, Viradouro, Severínia, dentre várias outras cidades da região. “Os jovens são muito inconsequentes, ignoram todas medidas preventivas contra o coronavírus e acabam disseminando o vírus e levando para dentro de casa”.

O sargento informou também que reclamações de aglomerações no lago têm ocorrido com frequência e dentro da possibilidade a PM tem intervindo. “Quando não conseguimos combater com o efetivo que temos, como ocorreu no pancadão de sábado e madrugada de domingo, solicitamos reforço de fora.  O quantitativo de ocorrências tem crescido dia a dia. Os jovens aproveitam que a viatura está empenhada e se aglomeram, inviabilizando o trabalho da PM nestes momentos. A prioridade é o atendimento 190 e nos intervalos das ocorrências os policiais fazem o patrulhamento preventivo nestes locais de aglomerações”.

Hespanhol informou também que está montando um plano de ação para viabilizar medidas que proíbam a realização de pancadões e eventos deste tipo que tiram o sossego e tranquilidade das pessoas. Ele disse que em breve pretende se reunir com o prefeito Dieb para discutir o assunto.

Foto nas redes sociais mostra a aglomeração que se formou no lago.

 


Postado em 07/01/2021
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:4.162
Ontem:4.112
Total:16.757
Recorde:5.362
Em - 25/09/21