IDOSO VIVE MOMENTOS DE TERROR NA MÃO DE CRIMINOSOS

Um idoso de 79 anos viveu momentos de terror na madrugada do dia 4 quando bandidos armados com revólveres pularam o muro da sua residência na Rua Adriano Augusto Cabral – Vila Cunha. Segundo a ocorrência, o aposentado se levantou às 04h30 e foi até a sala quando percebeu que havia um indivíduo agachado do lado de fora da porta de vidro. Um outro assaltante apareceu no vitrô da sala e também ameaçou de atirar na vítima caso não abrisse a porta. Ao entrarem na residência os criminosos empurraram e arrastaram o idoso até a área externa do imóvel,  colocando-o de bruços e pisando em seu pescoço. As mãos do aposentado também foram amarradas com um “enforca gato”. Os ladrões queriam saber onde estava o dinheiro e como não encontraram deram uma coronhada na boca do aposentado. Novamente mediante ameaças de morte, o morador foi arrastado até a sala e jogado sobre um móvel, o que lhe causou várias escoriações e arranhões. A dupla arrombou um cômodo trancado, mas não encontrou nada de valor. Os bandidos fugiram levando o carro do aposentado, um Classic Life, prata, ano 2008, que já foi localizado pela polícia com alguns danos. As agressões causaram escoriações no braço, corte no lábio, hematomas no tórax e olho do idoso que precisou procurar atendimento médico no Pronto Socorro.

APREENSÃO DE MENOR E DROGAS NA VILA GUARNIERI

Após denúncia recebida na manhã do dia 5, os PMs Neves e Rezende foram à Rua 10 da Vila Guarnieri e próximo a um curral ali existente avistaram um adolescente, de 16 anos, encontrando em seu poder a quantia de R$ 30,00 em notas fracionadas. Os policiais vistoriaram o local encontrando enterrada num buraco, próximo à cerca, 26 cápsulas de cocaína (25g), 56 papelotes de maconha (188g) e 94 pedras de crack (14g). O menor foi apresentado no plantão policial em Barretos e encaminhado à cadeia local, onde aguardava decisão judicial. Na companhia da genitora ele negou ser traficante de drogas e disse que estava apenas transitando pela rua quando aconteceu a abordagem policial.

FURTOS DE VEÍCULO, EM COMÉRCIOS E RESIDÊNCIA

O proprietário de um Monza, ano 1994, deixou o veículo estacionado Rua 6 do Jardim Primavera por volta das 2 horas do dia 1º e quando retornou ao local, quase três horas depois, constatou que o carro tinha sido furtado. O carro, encontrado abandonado na Rua 3 do mesmo bairro, já foi devolvido ao dono.  A ocorrência foi registrada pela vítima na delegacia eletrônica.

O alarme de um estabelecimento da Av. Cel. Antenor Junqueira disparou no dia 3, por volta da 01h30, sendo solicitado o serviço de vigilância particular que não detectou nenhuma anormalidade. O comerciante recebeu às 06h30 o telefonema de um vizinho informando que uma das portas do bar estava arrombada. Ele foi até o local e constatou o furto da gaveta do caixa com cerca de R$ 40,00 em moedas.

Na madrugada do dia 27, meliantes arrombaram a grade e o vitrô de uma barbearia na Rua 7 de Setembro – Pedreira furtando duas máquinas de barbear. O proprietário informou que esta é a 2ª vez que o estabelecimento é furtado.

Utilizando um pedaço de madeira um ladrão danificou na madrugada do dia 29 a porta de vidro de uma loja na Rua 7 de Setembro subtraindo 3 peças de roupas, tênis e duas correntes folhadas a ouro.

Após retornar de viagem no dia 30, o morador de um imóvel, situado nas dependências de uma empresa na zona rural, encontrou a porta da cozinha arrombada dando falta das três TVs,  de 50’, 42’ e 29’ polegadas, dois botijões de gás, videogame e parafusadeira.

ASSALTO NA CANCELA DO DESVIO DO PEDÁGIO

No dia 30, por volta das 22h50, o funcionário que trabalha na cancela do pedágio municipal da Rua João Pedro Paro “Boiadeira”, bairro Alto da Colina, estava trabalhando quando foi surpreendido por dois assaltantes encapuzados, um deles armado com revólver e o outro com um pedaço de madeira, que lhe deram uma paulada na cabeça e amarraram suas mãos para trás. Além de trancá-lo dentro da guarita, os ladrões levaram o celular e a chave do carro da vítima, que foi todo revirado. A PM resgatou a vítima, de 55 anos, que gritou por socorro e procurou atendimento médico.

MOTO COM PLACA ADULTERADA

Os PMs Rocha e Osimar abordaram na tarde do dia 22, o condutor de uma moto, de 26 anos, que trafegava pela Rua Ângelo Polizelli – Pedreira. A CG 125 Titan, ano 1998, estava com a placa quebrada e amassada. O autor alegou que havia adquiriu a moto já sem placa por R$ 1.400,00 e que colocou uma placa não fabricada no veículo. Ele teve a prisão ratificada pela autoridade policial e a moto foi apreendida.

FAMÍLIA PERDE MAIS DE R$ 3,8 MIL EM GOLPE

Sem saber que se tratava de um golpe uma família transferiu R$ 3.890,00 em conta que acreditavam ser da sobrinha. A ocorrência, feita na delegacia eletrônica, relata que no dia 21 de dezembro, por volta das 14h, a vítima recebeu uma ligação do WhatsApp da sobrinha, até com a foto dela no contato, pedindo a quantia com urgência. Ao perceber que se tratava de um golpe, foi feito contato com o banco, que informou que o dinheiro já tinha sido compensado.  

 


Postado em 07/01/2021
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:2.100
Ontem:6.246
Total:9.564
Recorde:6.246
Em - 17/01/21