CASO BRANCO

Tribunal de Justiça não julgou recurso

Após a absolvição dos acusados pela morte de Laerte Izopp “Branco” no julgamento mais longo da história da justiça colinense, realizado em setembro no ano passado, o Ministério Público interpôs recurso de apelação contra o veredicto do Tribunal do Júri que deixou o crime sem culpados.

O fato causou indignação nos familiares da vítima e em toda sociedade que até hoje não sabe quem são autores do crime brutal, ocorrido em maio de 2019. A vítima foi encontrada na área rural da cidade, com um tiro na cabeça, após ficar desaparecida por três dias. O promotor Gustavo Yamaguchi Miyazaki, que atuou no julgamento, interpôs o recurso que ainda não foi julgado pelo Tribunal de Justiça.

O promotor Giullio Chieregatti Saraiva, que assumiu o cargo no dia 1º como titular da Comarca, informou que não é possível saber se haverá novo julgamento. A Procuradoria de Justiça opinou pela submissão apenas de um dos réus, o último a ver “Branco” com vida, a novo julgamento, mantendo a absolvição do segundo envolvido. O Ministério Público aguarda o julgamento do recurso pelo TJ.

 

 


Postado em 11/02/2021
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:5.593
Ontem:
Total:5.593
Recorde:5.593
Em - 03/03/21