CASO BABUÍNO

Atirador seria o garupa da moto

O piloto, já identificado, teve a prisão decretada, mas está foragido

A Polícia Civil já identificou um dos autores do assassinato de Marcelo Della Rosa “Babuíno”, de 34 anos, morto a tiros na tarde do último dia 2 na Av. Dr. Manoel P. Fernandes.

Marcelo saiu da delegacia a pé, onde havia acabado de prestar depoimento, andou dois quarteirões, cerca de 200 metros e foi surpreendido por uma moto com dois ocupantes. Segundo informações preliminares, o garupa fez vários disparos, que atingiram pontos vitais da cabeça, pescoço e tórax, Marcelo caiu de bruços, rente à calçada, já sem vida. Como a perícia estava atendendo outra ocorrência em Guaíra, o corpo ficou por mais de quatro horas na cena do crime atraindo centenas de curiosos que acompanharam o trabalho da polícia até a retirada do cadáver do local.

AUTOR IDENTIFICADO NO DIA DO CRIME

A reportagem ouviu o delegado Rafael Faria Domingos, que está acumulando as funções em Colina até o final de fevereiro já que o cargo continua vago. O delegado esteve no local do homicídio acompanhado por uma equipe de investigadores da DIG – Delegacia de Investigações Gerais de Barretos. Ele informou que assim que o homicídio aconteceu as investigações já foram iniciadas e no mesmo dia dos fatos foi possível identificar as pessoas envolvidas no caso.

“Apurou-se, especialmente pela coleta das imagens de câmeras de segurança, que o homicídio foi praticado por pelo menos duas pessoas que estavam numa moto, uma na condução do veículo e outra na garupa que efetuou os disparos”, explicou Dr. Rafael que ressaltou, “Com a pronta identificação por parte dos investigadores de Colina representamos ao Judiciário pela decretação da prisão temporária do piloto da moto, que foi identificado nas imagens. A justiça expediu o mandado de prisão e também  o mandado de busca e apreensão que foi cumprido no imóvel onde o autor reside, mas o mesmo encontra-se foragido e até o momento não foi preso”.

INQUÉRITO CONTINUA EM ANDAMENTO

O delegado disse que o mandado de prisão temporário é por 30 dias e os policiais de toda região estão efetuando diligências para tentar capturar o condutor da moto. “Também foram identificadas algumas testemunhas que já prestaram depoimento e o inquérito continua em andamento para identificar o garupa, responsável pelos disparos”, salientou Domingos. Uma das testemunhas teve o celular apreendido no mesmo dia do crime. Após a liberação da perícia, os projéteis encontrados na cena do crime foram encaminhados para exame pericial.  

EX-NAMORADA SERIA PIVÔ DE DESENTENDIMENTO

Ainda segundo apurado, Babuíno teria ido à delegacia prestar esclarecimentos sobre uma agressão cometida no dia anterior ao crime. Ele foi ao CDHU 2 atrás de um desafeto e como não o encontrou começou a discutir com o pai desse indivíduo que conseguiu tirar de seu poder uma faca, mas Marcelo utilizando um pedaço de pau atingiu a cabeça do homem, de 53 anos, que foi socorrido pelo Samu. Marcelo também teria danificado o carro e o portão da residência com uma barra de ferro. Tanto o pedaço de pau e duas barras de ferro foram apreendidas pela polícia. O desentendimento entre os dois teria como origem a ex-namorada de um deles.

Policiais civis e militares cercaram o local onde a vítima foi morta a tiros.

 


Postado em 18/02/2021
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:91
Ontem:5.717
Total:5.808
Recorde:5.717
Em - 03/03/21