Colina Cidade...“sitiada”

Por várias vezes escrevi  citando os atrativos de nossa pacata cidade carinho em relação ao turismo pouco desenvolvido. O fato é que o setor cresceu, Colina tem atraído um numero considerável de visitantes dadas facilidades oferecidas pela nossa bucólica cidadezinha.

Este tipo de “turista” tem nos visitado com frequência, grande parte deles migraram das cidades grandes atraídos pelas facilidades que possuímos: A falta de segurança encabeça  esta estranha lista de qualidades. Não sei ao certo quantos policiais possuímos, o fato é que numa cidade com 2 ou 3 policiais de plantão à noite, não tem a mínima chance  contra qualquer ação criminosa,  este tipo de turista visita com antecedência nossa cidade, estudando atentamente os atrativos  que pretendem explorar. E as facilidades oferecidas não terminam por aí: em nosso guia municipal há mapas com várias rotas alternativas de fuga,  garantindo o retorno e satisfação do mesmo que frequenta e explora nosso município inúmeras vezes.
É por respeito e pelos bons costumes de hospitalidade que não os chamarei de bandidos, mesmo que estes façam arrastões, ou tirem o sossego daqueles que estão reunidos com amigos e familiares em seu “cantinho”.
Nós os atraímos, somos tão hospitaleiros que já nos acostumamos, são clientes em alguns estabelecimentos, onde abastecem com frequência suas necessidades.  Quando anoitece ficamos em casa, mal saímos, para que eles possam aproveitar com tranquilidade e sugar todos os recursos que a cidade oferece.
A cidade cresceu! Temos uma cidade pequena com problemas de cidade grande, viva o desenvolvimento! Que orgulho! Infelizmente as soluções e a mentalidade dos responsáveis pela segurança são tão pequenas quanto o município, que possui um comércio que já não anda muito bem das pernas, onde as portas se fecham com a mesma frequência em que abrem, onde o único movimento na praça matriz a noite são dos fiéis que vão à igreja orar na esperança de que algo melhore.  Aos jovens o que resta é encarar perigosamente as rodovias em busca do entretenimento que a cidade não possui, e a formosa praça matriz, sim, possui uma câmera  filmando  o seu belo coreto que fica disponível aos cães, que são muitos e como muitos  na cidade, ladram mais não mordem.
Vamos fazer vistas grossas, e esquecer o que aconteceu, afinal não foi a primeira e nem a última vez que fomos e seremos visitados por este tipo de turista. Nos o recebemos bem  e damos motivos para que eles voltem sempre, estamos acostumados a fingir que nada aconteceu e em breve  esqueceremos,  quem não sabe o que acontece na Ponte Alice Dias todos os dias quando anoitece? Mas só nos preocupamos quando surgem abelhas e isolamos um lugar por onde ninguém já circula por motivos muito maiores. 
Fiquem tranquilos colinenses, estamos seguros enquanto estivermos trancados dentro de nossas residências e não exigirmos  das autoridades soluções por medo, não dos “turistas” mais por sermos repreendidos por “falarmos demais”.  De manhã, comentaremos com nossa vizinha no portão habitualmente e voltaremos as nossas atividades rotineiras, as autoridades resolverão, não precisamos exigir, eles sabem seus deveres, e somos tão pacatos como nossa cidade e não podemos fazer "barulho”.
Vagner Cotrim
Ator, palhaço e como sempre “falando demais”.

Postado em 09/02/2013
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1
Ontem:6.010
Total:42.793
Recorde:10.619
Em - 18/05/15

Warning: fopen(estatisticas/contador.txt) [function.fopen]: failed to open stream: Permission denied in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 55

Warning: fwrite() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 56

Warning: fclose() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 57