RETRATO DE MÃE

 

 

Uma mulher existe….  que tem um pouco de Deus pela imensidão do seu amor e muito de anjo pelo incansável empenho dos seus cuidados. Uma mulher que sendo jovem, tem a reflexão de uma anciã e na velhice  trabalha com o vigor da juventude
Uma mulher que, se é pouco instruída, descobre com mais acerto que um sábio, os segredos da vida e se é muito instruída se acomoda à simplicidade das crianças. Uma mulher que, sendo pobre, se satisfaz com a felicidade dos que ama e sendo rica, daria com prazer os seus tesouros para não sofrer em seu coração a ferida da ingratidão
Uma mulher que, sendo vigorosa, se estremece com o pranto de uma criança e sendo débil se reveste às vezes com a bravura de um leão. Uma mulher que enquanto vive não a sabemos estimar, porque ao seu lado esquecemos todas as dores, mas depois de morta daríamos tudo o que possuímos para vê-la de novo um instante, para receber dela um abraço, para escutar dos seus lábios uma palavra
Dessa mulher não me exijas o nome se não quiseres que inunde de lágrimas, seu álbum de lembranças, porque a vi passar em meu caminho. É minha Mãe! Quando cresçam vossos filhos leia-lhes esta página e quando eles cobrirem de beijos vossa fronte, conta-lhes que um humilde peregrino, em paga da hospitalidade recebida, aqui deixou para todos, um esboço do retrato de sua própria Mãe.    
 
Ramon Angel Jara Tradução – Alberto Raad

Postado em 11/05/2013
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:5.548
Ontem:5.896
Total:11.444
Recorde:5.896
Em - 16/10/18