Estrela não quer assistir a final da arquibancada, outra vez 

A invicta Pedreira enfrenta o surpreendente Patrimônio 

Estrela e Tigrada vão jogar pelavez neste campeonato e os “galácticos” não querem assistir a final da arquibancada, como aconteceu no 1º turno. E o culpado desta situação foi justamente a Tigrada que despachou o time quando venceu na semi por 1 a 0. 
Na retrospectiva de três jogos a Tigrada tem uma ligeira vantagem, dois empates, 0 x 0 e 1 x 1 e o decisivo 1 a 0. Portanto, o reencontro promete fortes emoções. O Estrela está engasgado com a Tigrada que, por sua vez, quer manter a invencibilidade e garantir seu lugar na final. Se der empate a vaga é do Estrela, que tem a melhor campanha. O jogo começa às 8 horas no estádio do Colina Atlético
 
SEM FAVORITISMO???
Em seguida a invicta Pedreira entra em campo sem favoritismo (???), contra o surpreendente Patrimônio que conquistou, com méritos, a vaga no último domingo. Neste ano a Pedreira venceu os dois duelos, mas quem acha que foi fácil se engana, pois os placares foram 1 x 0 e 2 x 1.
Apesar da pequena diferença nos placares a campeã do 1º turno é superior quando se analisam os critérios táticos, técnicos e entrosamento, mas a forte marcação do adversário também é um fator preocupante. A Pedreira tem a melhor campanha e fica com a vantagem do empate.  
 
ÚLTIMO PASSAGEIRO
No jogo que valia a classificação para o Patrimônio quem começou melhor foi o São Bento, que desperdiçou duas chances claras de gols. Sentindo a pressão o Patrimônio começou aos poucos a se soltar e, em uma falha do goleiro do São Bento, o atacante César apenas empurrou a bola para as redes  para fazer 1 x 0 e colocar o time de vez na partida.
No segundo tempo a história se repetia, quem criava mais era o São Bento, mas quem tinha objetividade era o Patrimônio. E, dessa vez, quem foi para as redes foi Reginaldo para fazer 2 x 0 e praticamente garantir a classificação e enlouquecer a torcida fanática do Patrimônio.
O São Bento ainda quis reagir após um gol de Marquinho Leite, porém não dava tempo e o Patrimônio, na raça, segurou o resultado e com a vitória garantiu sua vaga nas semifinais.
 
NO ÚLTIMO MINUTO
Com domínio do meio de campo e mais posse de bola o Estrela começou melhor e perdeu boas chances de abrir o placar. A Tigrada, um pouco perdida em campo, tinha dificuldades de atacar e raramente chegava ao gol adversário. O primeiro tempo terminou sem gols.
Logo no começo do 2º tempo,  em um cruzamento na área, o goleiro Birruga saiu mal e soltou a bola nos pés do oportunista Duca que não perdoou e abriu o placar para a Tigrada. Sentindo o gol  o Estrela perdeu o domínio do jogo e a Tigrada com o resultado na mão se defendia e pouco se arriscava no ataque. Com isso a partida ficou sem criatividade e disputado no meio campo.
E quando o jogo estava praticamente definido o atacante Salsichão, do Estrela,  resolveu aprontar. Ele sofreu falta no meio de campo e correu até a área para receber assistência de Helinho e de cabeça deixar tudo igual e dar ao seu time a vantagem de jogar pelo empate nas semifinais.
 
ROLO COMPRESSOR
Mesmo sem alguns de seus titulares, a Pedreira foi superior ao Bom Churrasco comprovando  a força de seu elenco. Com maior posse de bola chegava na cara do gol com facilidade, porém os atacantes não aproveitavam as chances. Após abrir o placar com Robertinho, o time levou um susto com o gol de empate de Sagui. Mas os alvirrubros impuseram o ritmo com mais um de Robertinho, depois Cocada e Preta decretando a vitória e o 1º lugar nas semifinais

Postado em 07/06/2013
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:2.629
Ontem:8.395
Total:21.873
Recorde:10.849
Em - 18/11/18