A simplicidade e o carisma do Papa Francisco encantaram os brasileiros e todos que participaram da JMJJornada Mundial da Juventudeencerrada no domingo, 28, no Rio de Janeiro. 
Durante seus pronunciamentos, algumas frases, ditas pelo pontífice, ganharam destaque: “Entre a indiferença egoísta e o protesto violento, uma opção sempre possível: o diálogo”. Completou o Papa, “quando os líderes dos diferentes setores me pedem um conselho, a minha resposta é sempre a mesma: diálogo, diálogo, diálogo”
Ele também deixou claro que prefere o protesto à omissão dos jovens e que o inconformismo é salutar. “Um jovem que não protesta não me agrada”. “O jovem é essencialmente inconformista. E isso é muito lindo”. “É preciso ouvir os jovens e dar-lhes lugar para se expressar e cuidar para que não sejam manipulados”
Uma multidão, estimada em 3 milhões de pessoas, assistiu no domingo a missa  de encerramento da JMJ em Copacabana. A cidade de Cracóvia, na Polônia, vai abrigar a próxima jornada em 2016. 

Postado em 03/08/2013
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:8.079
Ontem:
Total:8.079
Recorde:8.079
Em - 16/12/18