Delém...Dém

Cidadezinha cheia de graça...
Tão pequenina...Como aquela do Quintana,
Cabe toda num olhar
da única torre de sua igrejinha.
Sua igrejinha de uma torre
Abrigando segredos de andorinhas.
 
“Delém, Delém, Delém, Delém, Dém, Dém...”
 
Nossa cidadezinha  tão pequenina
Que toda cabe num olhar
Não é
Uma cidadezinha qualquer
Como aquela de Drummond.
 
No entanto, nela, também, um homem vai a cavalo.
Com alguns na garupa
E muitos  a ;
Enquanto janelas trancadas
Recitam inconformadas:
“Eta vida besta, meu Deus”!
 
Delém, Delém, Delém, Delém, Dém, Dém, Dém, Dém...
 
Diva M. D. J. Franco

Postado em 17/04/2014
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1.637
Ontem:
Total:1.637
Recorde:1.637
Em - 14/11/18