Vício

Tu nunca bates no meu pensamento
à hora de entrar.
Chegas de repente, invades tudo,
e é impossível te expulsar
por que então sou eu que te procuro.

Não escolhes momento.
É na hora séria ou na hora triste,
na hora romântica, ou na hora de tédio
por mais que me encontres fechado em mim mesmo entras pelo pensamento,
- clara fresta, vulnerável às lembranças
do teu desejo.

E quando chegas assim,
estremeço até regiões ignoradas
me levanto, e saio, sonâmbulo,
a te buscar, a caminhar a esmo...

Chegas - como uma crise a um asmático,
- e então preciso de ti como preciso de ar,
e tenho a impressão de que se não
te alcanço,
se não te encontro, vou morrer, miserável, como um transeunte nas ruas,
antes que o socorro chegue para salvá-lo...
alcançar-te é um suplício...

Teu amor para mim - é humilhante a
confissão
- Depois que consegues atingir meu
 pensamento
tua posse é uma obsessão,
não é amor, é vício ...

J. G. de Araújo Jorge


Postado em 28/11/2014
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1
Ontem:6.010
Total:42.793
Recorde:10.619
Em - 18/05/15

Warning: fopen(estatisticas/contador.txt) [function.fopen]: failed to open stream: Permission denied in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 55

Warning: fwrite() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 56

Warning: fclose() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 57