Bom Churrasco e Paz fazem a grande final

 O Carvão conta com os artilheiros Ique, Guilherme e o meia Diego.

 O Paz também tem os goleadores Elton, Robertinho e o incansável Ari.

  Domingo, às 9h30, o estádio do Colina Atlético será o palco de mais uma equilibrada e emocionante final do Campeonato Amador Varzeano reunindo, mais uma vez, Bom Churrasco e Paz. Os dois melhores times da competição chegam invictos à final, mas a igualdade para por .

O heptacampeão Bom Churrasco está acostumado a levantar troféus e quer o oitavo para a sua galeria. o Paz sonha com o grande momento de gritar "É Campeão!" pela primeira vez. Esta diferença, com certeza, mais emoção a decisão. Aliado a isso, tem a grande rivalidade entre eles. O Carvão foi campeão em cima do Paz em duas ocasiões: 2008 e 2013. Isso tudo vai estar em evidência no gramado e nas arquibancadas do CA na manhã de domingo. Portanto, todos apostam que será um jogão de bola e que vença o melhor.

Segundo o regulamento da competição, na final ninguém tem vantagem. Ou seja, se persistir o empate no tempo normal e prorrogação a disputa vai para os pênaltis.

SEMI EQUILIBRADA

O equilíbrio entre as equipes foi o ponto forte da semifinal. No primeiro jogo o Paz venceu o co-irmão Paz B por 2 a 1. Elton abriu o placar aos 28 para o Paz e 4 minutos depois o artilheiro Rodriguinho fez um belo gol para empatar e dar ares dramáticos à partida. Na volta do intervalo, logo aos 8 minutos, o incansável Ari é derrubado na área, pênalti. Referência para os atletas de sua equipe, ele chamou a responsabilidade para si, foi e fez o gol da vitória que garantiu o time na sua terceira final do Varzeano. O Paz deste ano está entrosado, unido e com muita vontade de ser campeão. A equipe não vai contar com o meia atacante Willian Leite que tomou o 3º cartão amarelo.

O Paz B se mostrou guerreiro e determinado, evoluiu bastante e tem tudo para se dar bem no próximo ano.

No jogo das 10 horas o Bom Churrasco não superou a Pedreira, empatou em 1 a 1, mas como tinha a vantagem ficou com a vaga.

O artilheiro Guilherme agora também com 11 gols, ao lado do companheiro Ique e de Rodriguinho, foi quem abriu o placar aos 3’ do 1º tempo. A Pedreira conseguiu empatar aos 35’ da etapa final com Gigante que fez o seu. A disputa foi para a prorrogação e permaneceu empatada, dando a vaga ao Carvão.

Todos os jogadores da Pedreira jogaram com o coração "no bico da chuteira", mas, a forte zaga do BC não permitiu que eles ampliassem o placar.

O Carvão comemorou a chegada a mais uma final porém, não deixou o exigente técnico João Del’Angelo plenamente satisfeito. Para ele é preciso melhorar para conquistar o octacampeonato. O BC não terá desfalque para a grande final que acontecesse neste domingo, às 9h30, no Colina Atlético.

 

 

 

 

 

 


Postado em 13/12/2014
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1
Ontem:6.010
Total:42.793
Recorde:10.619
Em - 18/05/15

Warning: fopen(estatisticas/contador.txt) [function.fopen]: failed to open stream: Permission denied in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 55

Warning: fwrite() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 56

Warning: fclose() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 57