A cada 2,5 minutos uma criança morre no mundo por falta de acesso à água potável

Padre Santana ao lado do cartaz da CF deste ano, lançada ontem em todo o país.

Esse é um dos dados alarmantes que motivaram a CNBBConferência Nacional dos Bispos do Brasil a escolher o tema da Campanha da Fraternidade deste ano, que incentiva a cuidarmos da natureza como a casa da gente.

Foi desta forma que o pároco José Roberto Alves Santana definiu a CF 2016, que tem como tema “Casa Comum, Nossa Responsabilidade” e lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”, trecho bíblico que está no livro de Amós 5:24.

A CF sempre é lançada após o Carnaval, na quarta-feira de cinzas, quando tem início a quaresma, período em que as reflexões se intensificam com as vias sacras e reflexões nas comunidades. “O tempo forte da campanha é durante a quaresma, período de penitência e conversão”, explicou Santana que  ontem celebrou na igreja matriz a missa de lançamento da  CF Ecumênica, que não éda Igreja Católica, mas também de outras religiões que estão participando.  

“O nosso planeta é o único que temos para viver e morar. Precisamos cuidar dele porque é o maior presente que Deus nos deixou e não é só meu, mas de todas as pessoas”, declarou Santana que acrescentou também, “temos que aprender a amar cada vez mais as pessoas porque dividimos não só o ar e a água; vivemos no mesmo mundo. Se eu desrespeito a natureza, vou deixar quem vem atrás de mim sem condições de desfrutá-la”.

O cuidado com a natureza nos incentiva a contribuir para o bem do meio ambiente, promovendo o saneamento básico para não poluir os rios, o combate ao desmatamento desenfreado que é fruto da ganância humana e a preservação dos mananciais que são fontes geradoras de vida.

“A falta de saneamento causa grande mortalidade não só entre as crianças, mas também entre os adultos. Em 2013, 2.135 pessoas morreram nos hospitais por causa das infecções gastrointestinais. Se todos tivessem saneamento básico haveria redução de 329 mortes (15,5%). A nossa preocupação tem que ser a natureza porque tem a ver com a vida do planeta”, acrescentou o pároco que convida a comunidade para participar das caminhadas às terças-feiras, com saída da igreja matriz e das reflexões nas quintas-feiras.

Pároco com o cartaz que ilustra a CF deste ano.


Postado em 12/02/2016
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:12.440
Ontem:6.672
Total:19.112
Recorde:12.440
Em - 13/11/18