Apuração aconteceu em tempo recorde

Juiz eleitoral Leopoldo Costa ladeado pela técnica judiciária Beatriz Radaman e o chefe do Cartório, Carlos Campos.

Até a chegada das 52 urnas ao Cartório Eleitoral, o que começou a acontecer por volta das 17h30, a totalização dos votos demorou cerca de meia hora e às 18 horas a apuração estava concluída, informou o chefe do Cartório Eleitoral, Carlos Humberto Campos Júnior, que informou também que a eleição transcorreu tranquila, sem nenhuma ocorrência de crime eleitoral tanto em Colina como em Jaborandi. Todas as urnas também funcionaram perfeitamente e nenhuma precisou ser substituída.

Ao contrário do que se esperava, o movimento de pessoas no Cartório após o encerramento da votação foi pequeno porque a maioria preferiu acompanhar a apuração em tempo real através do site do Tribunal Superior Eleitoral ou aplicativos de celular. É a tecnologia a favor da democracia.

O juiz eleitoral Leopoldo Vilela de Andrade da Silva Costa e o promotor Matheus Botelho Faim acompanharam a eleição percorrendo todos os locais de votação nas duas cidades. O juiz informou que foi preciso coibir alguns abusos de pessoas que teimam em desrespeitar a legislação, porém considerou normal as intervenções.


Postado em 08/10/2016
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:5.609
Ontem:
Total:5.609
Recorde:5.609
Em - 12/11/18