Os novos vereadores

Totonho diz que laço de amizade se transformou em votos

Aos 44 anos, 26 dos quais dedicado ao serviço público municipal, o campeão de votos para vereador “Totonho” (foto) atribui a sua expressiva votação ao convívio amigável e solidário, que mantem com os pacientes que transporta diariamente para Barretos. Luiz Antônio Casagrande, seu nome de batismo, conta que passou a ser motorista de ambulância quase 8 anos. Ele é o comandante da “nave”, nome que a van de 11 lugares que pilota a partir das 04h30 e para às 18 horas. São 4 viagens para Barretos, para tratamento no Hospital de Câncer, AME, CAPS, Saúde Mental e hemodiálise.

“Eu gosto do que faço. Mantenho uma boa relação com os pacientes e familiares ao ponto de criar um forte laço de amizade. Quando uma pessoa se recupera a gente fica contente e chora quando perde alguém”, disse. Totonho completa, “procuro sempre manter o bom humor e dar atenção, acho que isso ajuda na recuperação das pessoas, principalmente com os idosos e eles retribuem com muito carinho; hoje a gente ajuda, amanhã poderemos ser ajudados”.

Casado com Luciana e pai de três filhas (Jéssica 24 anos, Angelita 15 e Ana Cristina 12), Luiz Antônio é o primeiro entrevistado entre os sete novos vereadores que formam o Legislativo de 2017/20 .

Foi surpresa ou esperava o número de votos que obteve?

Esperava ser eleito mas não como o primeiro colocado. Foi uma surpresa positiva.

Por que quis ser vereador?

Porque sempre tive incentivo dos amigos, familiares e pacientes que transporto diariamente.

Quais as prioridades para seu mandato?

Valorizar o Funcionário Público Municipal. Ampliar os eventos culturais. Melhorar mais ainda o transporte da área da Saúde. Buscar mais recursos para investir no ensino superior.

Qual o primeiro projeto que apresentará quando assumir o cargo?

Ainda não tomei esta decisão, mas pretendo ouvir as principais reivindicações da população e ver quais as condições do Município para por em prática.

O que Colina necessita e não mais para esperar?

Mais segurança. Melhorar a iluminação nos bairros e praças.

Quais as principais reclamações do povo durante a campanha?

Falta de entrosamento, contato e diálogo do vereador com os eleitores. A Câmara está muito distante do povo, que não sabe o que acontece .

Vai se empenhar para tentar resolver essas reclamações, ouvidas durante a campanha?

Sim, com certeza.

Tem intenção de assumir a presidência, sim ou não? Por quê?

Sim. Desde que não atrapalhe meu trabalho como motorista municipal de ambulância.

Tem contato com algum deputado do partido? Isso é importante para conseguir recursos para o município?

Ainda não. Vou procurar manter contato com os deputados da região e a nível federal.

O salário do vereador na próxima legislatura será de R$ 7.596,00. O valor, que era elevado, agora ficou ainda maior. A população ficou revoltada com o reajuste abusivo que acontecem apenas duas reuniões ordinárias por mês e o cargo político não deve ser confundido como emprego. Como analisa isso?

É um salário muito elevado considerando a atual crise econômica que vive o país e nosso município.

Movimento iniciado na cidade quer a diminuição do salário do vereador. Na sua opinião o salário deve ser reduzido ou o valor é justo para a função?

Sim, deve ser reduzido e adequado a nossa realidade


Postado em 08/10/2016
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:11.933
Ontem:6.672
Total:18.605
Recorde:11.933
Em - 13/11/18