Coronelismo

Substantivo masculino. Comportamento surgido durante a primeira república (1889-1930), e que tem por característica uma forma de controle, em que uma elite, detendo o poder econômico, social e político local, comanda.

Desde que passei a entender certos padrões de comportamentos, eu vivencio épocas e ocasiões em que coronéis são pessoas que se sobressaem, às vezes até num sentido pejorativo.

Meu avô foi um Coronel. Durante a Revolução Constitucionalista, ele arregimentou 800 animais (equinos e muares) para o Regimento de Cavalaria Rio Pardo, único regimento civil do mundo. Arregimentou e embarcou por trem para o Front da revolução de 1932.

E na 2ª Grande Guerra Mundial (1939-1945), com a falta de viveres e gasolina, produzia, no seu engenho, açúcar demerara e rapadura para os seus colonos e parentes.

Sou sim do tempo da cadeira de palhinha.

que os coronéis não se foram. Hoje os coronéis são outros.

Como o próprio dicionário da língua portuguesa diz: Coronel é o que mantém o padrão de coronelismo, mantendo o controle e poder econômico, social e político.

São os políticos que detém o comando.

Alguns até sem nunca ter sentado numa cadeira de palhinha, e nem de Escola.

Se cuidem coronéis, o povo enxergou a força que tem.

José Cantídio Junqueira de Almeida


Postado em 05/11/2016
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:5.459
Ontem:5.896
Total:11.355
Recorde:5.896
Em - 16/10/18