“Juntos podemos construir uma cidade melhor

A técnica em enfermagem Tatiane Galhardi Marsili Pessin (DEM), 33 anos, será um das vereadoras que integrarão a Câmara que, pela primeira vez, terá quatro mulheres. Os 212 votos a elegeram para o primeiro mandato, mas assumiu a função de vereadora como suplente e acredita que a união é o caminho para construir uma cidade melhor. Conheça um pouco mais sobre a funcionária pública que encerra a série de entrevistas com os 7 novos vereadores

Foi surpresa ou esperava o número de votos que obteve?

Para mim foi uma surpresa e muito boa. Esta foi uma eleição com muitos candidatos, então ter 212 votos fiquei muito feliz.

Por que quis ser vereadora?

Gosto de trabalhar com a população e sendo vereadora posso representá-la na Câmara Municipal.

Quais as prioridades para seu mandato?

Quero ouvir o munícipe, ver suas reivindicações e assim poder buscar soluções e melhorias junto ao Executivo.

Qual o primeiro projeto que apresentará quando assumir o cargo?

Não decidi ainda qual, mas quero trabalhar em prol da nossa cidade, ver as principais necessidades e buscar recursos, valorizando o funcionário público, priorizando a saúde e também ver a possibilidade de ajudar os animais abandonados.

O que Colina necessita e não mais para esperar?

Com toda a crise que o país está passando até que Colina está mantendo bem mas, é claro, que juntos podemos contribuir para uma cidade cada vez melhor.

Quais as principais reclamações do povo durante a campanha?

A maioria pede para o vereador estar mais presente nos bairros.

Vai se empenhar para tentar resolver essas reclamações, ouvidas durante a campanha?

Sim. Isso é muito importante para atender as necessidades do município.

Tem intenção de assumir a presidência, sim ou não? Por quê?

No momento não. Como é meu primeiro mandato, quero trabalhar bem e adquirir experiência. Ser presidente para mim é muito cedo.

Tem contato com algum deputado do partido? Isso é importante para conseguir recursos para o município?

Sim. O contato com deputados é muito importante, pois sozinhos não vamos a lugar nenhum, com equipe somos mais fortes. A união faz a força.

Como você analisa a eleição de quatro mulheres para a próxima legislatura, fato inédito na Câmara Municipal?

Isso mostra a conquista das mulheres no mercado de trabalho. A mulher administra seu lar e ainda trabalha fora. O eleitor está cada vez mais confiante nisso.

O salário do vereador na próxima legislatura será de R$ 7.596,00. O valor, que era elevado, agora ficou ainda maior. A população ficou revoltada com o reajuste abusivo que acontecem apenas duas reuniões ordinárias por mês e o cargo político não deve ser confundido como emprego. Como analisa isso?

Respeito o movimento, isso mostra que as pessoas estão mais participativas, mas me candidatei não pelo salário, mas sim para trabalhar pela minha cidade.

Movimento iniciado na cidade quer a diminuição do salário do vereador. Na sua opinião, o salário deve ser reduzido ou o valor é justo para a função?

Independente de qual seja o valor, quero fazer um bom trabalho pela nossa cidade


Postado em 18/11/2016
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:8.635
Ontem:2.867
Total:11.502
Recorde:8.635
Em - 16/11/18