Mais 28 famílias do Alto da Colina recebem moradias

Sílvia e Mi durante a entrega de chave a uma das famílias beneficiadas.

A entrega de casas às famílias no Alto da Colina foi uma das últimas ações do prefeito Mi antes de encerrar o mandato em dezembro. Ele foi um dos principais responsáveis em realizar o sonho da casa própria para dezenas de famílias que viviam em situação de risco. Quem não se lembra dos barracos erguidos com todo tipo de material e as condições precárias de infraestrutura.

A entrega das 28 novas moradias do “Morar Bem, Viver Melhor” aconteceu no último dia 28 e contou com a presença do secretário estadual de Habitação, Rodrigo Garcia, deputado estadual Sebastião Santos, vereadores, secretários, famílias beneficiadas e público em geral.

As casas foram viabilizadas em parceria com a prefeitura, que doou o terreno e administrou a obra. A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) repassou os recursos no valor de R$ 2,9 milhões e supervisionou todas as fases da obra. Esta é a segunda etapa do conjunto habitacional que terá 79 moradias quando estiver totalmente concluído, sendo que foram atendidas 61 famílias. Em 2015, foram entregues as primeiras 33 unidades e outras 18 estão em obras e a previsão de entrega é em fevereiro.

O Conjunto Habitacional recebeu o nome do promotor de justiça Fernando Daher Rodrigues Ferreira, filho do casal de médicos Pedro/Sadia, que morreu em acidente automobilístico em 2013. A família e amigos do patrono do residencial prestigiaram a solenidade de descerramento da placa inaugural.

As casas têm dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro, distribuídos em 56,67m² de área construída. Todos os cômodos possuem piso cerâmico, azulejos no banheiro e cozinha, muretas de divisa, calçadas de acesso, estrutura metálica e infraestrutura completa. As unidades, construídas pela empresa colinense Construmat, também vão receber sistema de aquecimento solar, que será instalado em janeiro.

“Carinho e amor foram depositados nas construções dessas casas que serão agora habitadas por pessoas que resgataram sua dignidade. Elas darão início a 2017 muito melhor do que terminaram 2016. São pessoas merecedoras da realização do sonho da casa própria”, destacou o então prefeito Mi.

Todas as famílias beneficiadas tem renda mensal de até três salários mínimos e irão desembolsar 15% dos rendimentos nas prestações. Os novos mutuários terão prazo de até 25 anos para quitar o financiamento habitacional

Autoridades e convidados no descerramento da placa inaugural.

Público prestigiou a entrega das 28 casas.

Famílias contempladas fizeram a mudança no mesmo dia.


Postado em 07/01/2017
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:6.094
Ontem:
Total:6.094
Recorde:6.094
Em - 21/11/18