Prefeito aumenta em 25,50% subsídio para transporte de estudantes

Os representantes dos estudantes em reunião com a secretária Bete e atendente do transporte, Pâmela Zanon.

A secretária de Educação, Elizabete Milani Neme, esteve reunida no último dia 11 com cinco representantes dos estudantes, que fazem uso do transporte universitário e técnico para as cidades de Barretos e Bebedouro, para anunciar o valor do subsídio que será depositado nas contas dos alunos para pagar as empresas que prestam o serviço, que são contratadas pelos próprios alunos.

Antes de anunciar o valor do subsídio deste ano, a secretária informou que no último dia 9 o prefeito Dieb Taha esteve reunido com o proprietário da empresa com maior fretamento e melhor preço, que presta serviço aos estudantes, e conseguiu impedir que o valor fosse reajustado de R$ 185,00 para R$ 195,00/mensais, o que representa não economia, mas também segurança que a empresa além de ser legalizada é também cadastrada pela ARTESPAgência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo. A secretária também explicou que a reunião foi feita para não subir o preço, mas a decisão e escolha na contração são dos estudantes que têm autonomia e poder na negociação.

“Mesmo com a contenção de gastos para dar 25,50% de reajuste no subsídio priorizamos o estudante com a intenção de incentivá-los para não desistirem porque conhecemos as dificuldades. Sabemos como a educação é importante e por isso priorizamos os estudantes que necessitam deste auxílio para continuar estudando”, destacou o prefeito Dieb.

BOA NOTÍCIA

A boa notícia, que todos aguardavam, é que o subsídio de R$ 99,60, pago em 2016, que é depositado pela prefeitura nas contas bancárias dos cerca de 600 estudantes cadastrados foi reajustado em 25,50%, subindo para R$ 125,00. Com isso, cada aluno terá que desembolsar R$ 60,00 para custear o transporte.

ANTECIPAÇÃO DO DEPÓSITO

Os estudantes solicitaram que o depósito, feito pela prefeitura entre os dias 14 e 16 seja antecipado, que o vencimento ocorre entre os dias 10 e 15. A secretária informou que a frequência é o requisito legal para liberar o valor e que para isso depende das instituições. “Faremos o possível para o subsídio não atrasar e ser depositado o mais rápido possível nas contas”.

O primeiro subsídio no valor de R$ 125,00, referente a fevereiro, será depositado no mês de março. Este é o 3º ano que o transporte é feito de forma terceirizada.

CADASTRO

O comunicado de cadastro e recadastro do transporte terminou sexta, dia 20, na Secretaria de Educação, mediante apresentação das cópias do RG, CPF e comprovante de residência, foto (3x4), contrato ou comprovante de matrícula e xerox da conta bancária em nome do próprio aluno. Os estudantes também podem entrar em contato com os representantes da classe sobre a negociação para a contratação das empresas. Para Barretos o contato pode ser feito com Maria Sandra (99179-7969) e Ávila (99232-8927) e Bebedouro com Luara (99178-3191) ou Kelly (99103-8005).

Este é o 3º ano que o transporte é terceirizado e contratado pelos estudantes.


Postado em 21/01/2017
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:5.661
Ontem:
Total:5.661
Recorde:5.661
Em - 12/11/18