Colina recebeu R$ 1 milhão de ISS do pedágio

Praça de pedágio da Tebe que gerou receita de R$ 1 milhão ao município em 2016.

Dentre os seis municípios da região de Barretos beneficiadas com repasses provenientes do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS-QN), que incide sobre as tarifas de pedágio, Colina recebeu R$ 1.016.311,89 em 2016, o 2º maior valor. O imposto começou a ser cobrado em 2000 e neste período o repasse somou R$ 9.576.118,08. A receita é gerada pelo Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo.

O município que mais teve arrecadação com o ISS dos pedágios foi Bebedouro, que recebeu R$ 1.982.899,79, Barretos ficou em 3º com R$ 865.267,04, seguido de Taiúva (R$ 313.785,19), Pirangi (R$ 172.802,48) e Vista Alegre do Alto (R$ 79.100,49).

A assessoria de imprensa da Agência de Transporte do Estado de São Paulo – Artespinformou que o ISS que incide sobre as tarifas de pedágio tem configurado importante recurso para os 269 municípios atravessados por 6,9 mil quilômetros de rodovias sob concessão. “A verba é significativa na composição orçamentária das administrações municipais, principalmente em pequenas cidades”.

A alíquota do imposto é definida por legislação municipal e o repasse é feito proporcionalmente à extensão das rodovias sob concessão que atravessam o município. “Como não se trata de receita que deve ser aplicada em determinadas áreas, conforme previsão em lei, as prefeituras podem empenhar a verba em qualquer área como saúde, segurança, educação ou infraestrutura urbana”, explicou a Artesp. O ISS começou a incidir sobre as tarifas de pedágio em 2000. No mesmo período, a região de Barretos recebeu R$ 39,8 milhões de receita deste segmento.

Praça de pedágio em Colina.


Postado em 28/01/2017
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:4.339
Ontem:2.867
Total:7.206
Recorde:4.339
Em - 16/11/18