CF propõe conversão interior para preservação dos biomas brasileiros

Padre Santana com o cartaz da Campanha da Fraternidade que mostra os biomas brasileiros e os povos que fazem parte desta cultura.

Uma conversão ecológica para preservação dos biomas brasileiros que possuem diversidade biológica própria e dos povos que neles habitam é a proposta da CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil para a Campanha da Fraternidade deste ano, que tem como tema “Fraternidade: Biomas brasileiros e defesa da vida” e lema “Cultivar e guardar a criação”.

A campanha foi lançada em todo o país ontem, quarta-feira de cinzas, quando também teve início a quaresma, um tempo de penitência e conversão para os católicos que estarão refletindo sobre o tema durante todo o ano.

O texto base da CF 2017 reflete sobre os biomas brasileiros: Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pantanal, Pampa e seus povos originários. “Somos jardineiros do grande jardim de Deus, tudo que existe na natureza precisa ser respeitado. O homem em nome da ganância e do lucro devasta a natureza, o que vai ocasionar um grande mal para nós e o mundo”, declarou o pároco José Roberto Alves Santana que ontem, na igreja matriz, celebrou a missa de abertura da CF 2017 .

“O homem vai engolindo árvores, nascentes e eliminando a vida, o que tem diminuído as chuvas, aquecido o planeta e muitas outras consequências. A humanidade tem sentido os efeitos dessa devastação desenfreada. Tudo que acontece na Amazônia interessa ao mundo porque a nossa floresta, o maior bioma brasileiro, é o pulmão do mundo”, explicou padre Santana que acrescentou, “como cristãos devemos cultivar e guardar a obra criada por Deus e o meio natural em que vivemos. Somente nós somos capazes de defender toda forma de vida”.

Cada bioma possui características peculiares, que precisam ser respeitadas. “Os índios, que são os verdadeiros donos da terra, estão sendo encurralados e sua cultura está desaparecendo. Temos que reconhecer os direitos do povo indígena, respeitar sua história e costumes”, refletiu o pároco.

As reflexões sobre a Campanha da Fraternidade vão acontecer nas missas, nas comunidades todas as quintas-feiras e na via sacra nos bairros que tem início a partir do próximo dia 7 na Comunidade São Cristóvão, na Cohab 1. As caminhadas serão realizadas também nos bairros São Sebastião, Nosso Teto, Pedreira, Jardim Simões e Cohab 3. A partir da próxima semana serão distribuídos 3 mil livros de estudo sobre a Campanha, que também estarão disponíveis na secretaria paroquial.

MAIS FRATERNOS

A quaresma significa um tempo de penitência e conversão. “Não somos nada e por isso temos que nos converter para nos tornarmos mais irmãos e mais fraternos. Jesus é o símbolo da nossa conversão”, ressaltou Santana que acrescentou, “a imposição das cinzas na cabeça dos fiéis é para lembrarmos que somos pó e em pó vamos nos transformar. A arrogância, autossuficiência, orgulho e vaidade um dia acabam”. As reflexões sobre o tema da CF se intensificam durante a quaresma.

A partir da próxima semana serão distribuídos 3 mil livros de estudo sobre a Campanha, que também estarão disponíveis na secretaria paroquial.


Postado em 04/03/2017
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1
Ontem:6.010
Total:42.793
Recorde:10.619
Em - 18/05/15

Warning: fopen(estatisticas/contador.txt) [function.fopen]: failed to open stream: Permissão negada in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 55

Warning: fwrite() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 56

Warning: fclose() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 57