LÁTEX É FURTADO DE SÍTIOS OUTRA VEZ

Duas propriedades rurais tiveram prejuízos no último dia 31 com o furto do látex, que ocorre sempre à noite e antes da chegada dos sangradores. Em uma delas foram furtados 900 kg de borracha natural. Os rastros do veículo que efetuou o transporte ficaram no seringal. Na mesma madrugada foram levados de um sítio 33 caixas de borracha, com peso aproximado de 1.200 kg. A vítima acredita que pelo volume da carga o transporte tenha sido feito de caminhão.

MUNICÍPIOS JÁ ESTIVERAM NA ROTA DOS LADRÕES -Em junho de 2012 o Jornal “O COLINENSE” fez reportagem especial sobre o assunto quando foi constatado o furto em 27 propriedades rurais de Colina e Jaborandi, que faziam parte da rota dos ladrões de látex. Na ocasião o Sindicato Rural do Vale do Rio Grande promoveu reunião emergencial com produtores da região e as Polícias Civil e Militar para buscar uma solução para o problema.

Os produtores defendem que as indústrias de beneficiamento comprem o produto apenas dos produtores rurais, pois os receptadores alimentam o comércio ilegal.

Propriedades rurais estão vulneráveis à ação dos bandidos que praticam o furto do látex na madrugada.

MAIS FURTOS

Um mecânico foi até à delegacia para registrar o furto de várias ferramentas e três bicicletas de sua oficina na Av. Expedicionário Roberto Marcondes. Ele deu falta dos objetos na tarde do dia 26 e procurou à polícia.

Da área externa de uma residência na Rua Assad Drubi, no Jardim Simões, foram furtadas na tarde do dia 30 duas bicicletas, 3 tênis, bermuda e chinelo. O furto só foi constatado quando a moradora chegou em casa do trabalho.

Um celular foi furtado dentro de uma agência bancária na tarde do dia 31. A vítima contou que utilizou o caixa eletrônico e logo que saiu do banco percebeu que tinha esquecido o aparelho em cima do balcão e quando retornou, minutos depois, o celular já tinha sido furtado.

A proprietária de uma bicicleta foi até à delegacia registrar o furto da magrela que foi levada de dentro da residência, na Rua C do CDHU 2, na noite do dia 29.

Uma mãe acionou a PM no dia 1º, às 7h50, para registrar o furto, cometido pelo próprio filho, de 40 anos, de um celular e kit de churrasco. Ela alega que não é a primeira vez que o filho furta objetos da casa, na Rua João Crispim Moreira – Jardim Hípico, para sustentar o vício em drogas. Ele não se encontrava no local.

MOTOS FURTADAS SÃO RECUPERADAS

Uma CG 150 Titan KS fugiu do policiamento em Jaborandi no dia 28, por volta das 13h45 e veio parar em Colina. Os PMs Wagner e Alves deram apoio a viatura de Jaborandi e na perseguição o condutor da moto, ao tentar cruzar à linha férrea que margeia a Av. Mocyr Vizzoto, caiu e abandonou o veículo. Ele pulou o muro de várias residências do bairro Patrimônio e conseguiu fugir, deixando para trás o capacete, boné e um par de chinelos que foram apreendidos e apresentados na delegacia. A moto estava com a numeração do chassi e motor intactos e somente o lacre da placa rompido. O veículo, que tinha sido furtado em Barretos no último dia 24, foi devolvido ao proprietário.

Após receber denúncia na tarde do dia 29, que um adolescente, de 17 anos, estaria guardando na garagem da residência uma moto CG 125 Fan furtada no pátio, os PMs Wagner e Felici se dirigiram até à Rua 5 do CDHU2. A casa estava com o portão aberto e ninguém foi encontrado. A mãe do menor chegou depois e disse não saber nada sobre a moto, que estava sem placa e com o chassi aparentemente pintado. O veículo foi apresentado na delegacia.

Outra moto, uma CG 125 Titan, furtada em Barretos em julho de 2014, foi apreendida na tarde de domingo, dia 2, no cruzamento da Alameda 3 e Rua João da Silva – Jardim Taninha. Em patrulhamento pelo bairro os PMs Matias e Silva visualizaram dois indivíduos numa moto saindo de um seringal, mas eles pularam do veículo, adentraram uma mata próxima e conseguiram fugir.

Um indivíduo que empurrava uma moto na noite do dia 27 pela Rua 1 do bairro Colina F jogou o veículo no chão quando avistou a viatura da PM. Ele fugiu sem ser identificado. A pesquisa da placa constatou tratar-se de moto furtada no pátio no último dia 24. O veículo novamente foi recolhido no local.

INCÊNDIO EM CANAVIAL

Uma fumaça, que cobriu os céus na tarde do dia 1º, foi causada por um incêndio num canavial próximo à cidade. O proprietário procurou a PM e alegou que por volta das 16h15 indivíduo de bicicleta, desconhecido, ateou fogo em dois talhões do canavial, queimando aproximadamente 1.500 toneladas de cana. A mesma pessoa também ateou fogo em mais duas propriedades das imediações.

ACIDENTE DE TRÂNSITO

Um estudante de bicicleta descia a Rua José Camolesi – Pedreira no dia 25, por volta das 12h20, quando cruzou a Rua Cel. Nogueira, colidindo com um Prisma que trafegava na via. O motorista socorreu o ciclista com escoriações leves no joelho e braço até o atendimento de emergência.

HOMEM QUE MATOU IDOSA EM MONTE VERDE FOI PRESO EM COLINA

Como a cadeia de Colina tornou-se de transição desde o último dia 24, quando os presos de Severínia foram transferidos para cá, o local agora abriga detentos de toda região que cometeram os mais variados tipos de crime. Foi o que aconteceu no domingo quando um administrador de empresas, de 36 anos, foi recolhido aqui pelo estupro e morte de uma idosa de 73 anos, que deixou a população do distrito de Monte Verde, em Cajobi, perplexa. Ela, que era viúva e morava sozinha, foi morta dentro de casa. Segundo a polícia de Olímpia, que investiga o caso, o suspeito também teria asfixiado a vítima que foi encontrada morta pelos vizinhos. O autor fugiu para um canavial e tentou se enforcar com o cardaço do sapato, mas foi encontrado desacordado pela polícia que o prendeu em flagrante por estupro seguido de morte. Até o fechamento desta edição ele continuava preso na cadeia de Colina, aguardando a transferência para um Centro de Detenção Provisória.

AUMENTAM FURTOS DE TV

Mais finas, leves e fáceis de transportar de um lugar para o outro, as TVs modernas têm várias modelos de tela e para o público quanto maior o tamanho melhor.   Algumas delas, como as Smarts TVs, oferecem conexão à internet e até podem incorporar diferentes tipos de tecnologia. As TVs com tecnologia OLED é o que há de mais moderno no mercado quando o assunto é tela de TV.

Mas não é o tamanho nem a tecnologia que tem atraído os ladrões, que têm furtado cada vez mais televisões nas residências. Levantamento feito por esse jornal, com base nos boletins de ocorrência publicados, apontam que desde o início do ano até março já foram furtadas 9 TVs, uma média de 3 aparelhos por mês. Esta média pode ser maior se considerarmos que algumas vítimas não fazem o boletim de ocorrência. O número indica que se os furtos cresceram está havendo mercado para receptação.

A Polícia Civil orienta que as pessoas só comprem TVs usadas que tenham procedência e que conheçam a pessoa que está efetuando à venda. A receptação é crime previsto no Código Penal e pode dar cadeia.

Por isso tome alguns cuidados antes de adquirir uma TV de segunda mão.


Postado em 08/04/2017
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1
Ontem:6.010
Total:42.793
Recorde:10.619
Em - 18/05/15

Warning: fopen(estatisticas/contador.txt) [function.fopen]: failed to open stream: Permission denied in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 55

Warning: fwrite() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 56

Warning: fclose() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 57