Faltando duas rodadas briga pelo G4 está acirrada
Estrela entrou fantasiado de coelhinho, mas foi a Pedreira quem deu o chocolate
 
Faltando apenas duas rodadas para o final dafase, sete times têm chances reais de classificação. A situação mais tranquila é da líder Pedreira, que com 16 pontos precisa apenas de um empate com o lanterninha Patrimônio para se classificar. A partida é na Coudelaria, às 8h.
No mesmo horário, no Colina, Ranchão (2º) e São Bento (3º) se enfrentam. Apenas 2 pontos separam os times e quem vencer praticamente se garante nas semifinais.
Logo depois, às 10h, o Unifera (4º) encara a Vila Guarnieri (7º). Somente a vitória importa para os dois, que uma derrota pode significar a desclassificação. A diferença entre eles também é de 2 pontos.
Fechando a rodada Santa Lúcia e Estrelas se encontram na Coudelaria, às 10h, separados por apenas um ponto na tabela. Para o Santa Lúcia nenhum outro resultado interessa se não for vitória. Se o Estrelas perder não está fora, mas a vida fica bem complicada.
PEDREIRA TIRA O BRILHO DO ESTRELAS
O Estrelas chegou para a partida contra a Pedreira fazendo a tradicional festa de sempre, fogos, buzinaço e entrou em campo com orelhas de coelhinho da páscoa, mas quando a bola rolou, quem deu o “chocolate” foi a Pedreira.
O time alvirrubro criou várias chances de gol. O Estrelas conseguiu equilibrar o jogo no primeiro tempo, mas no segundo, a Pedreira dominou as ações.
No início do segundo tempo aconteceu o lance mais polêmico do jogo. O time do Estrelas queria vantagem em uma falta marcada pelo árbitro Soninho. A bola sobrou para Derval, que poderia criar uma boa chance de gol.
Depois disso a Pedreira tomou conta do jogo e abriu 2 a 0, com gols de Fabinho, de cabeça e Tutinha, com um belo chute de fora da área.
O técnico Fumaça exaltou a força do time e disse que “a vitória sobre uma equipe como o Estrelas ainda mais confiança ao time na briga pelo título”
o técnico Silvano Domingos ressaltou: “Por ser nosso primeiro ano estamos indo bem, perdemos para um bom time, mas não vamos nos abater, o objetivo é chegar entre os quatro”.
Mas rola nos bastidores que a derrota não saiu tão caro para o Estrelas. Uma aposta de que a Pedreira venceria por 3 gols de diferença foi feita, o prêmio seria algumas caixas de cerveja, como este resultado não se confirmou, a alvirrubra, mesmo com a vitória, acabou saindo no prejuízo.  
PATRIMÔNIO PERDE MAIS UMA; ATLÉTICO CITY “CAI” DE NOVO
Depois de passar dois anos brigando pelo título, o Patrimônio está deixando a desejar em 2012. O time amargou mais uma derrota, desta vez para o Santa Lúcia, 2 a 0, com gols de José e Antônio. Para piorar a situação, o alvinegro não marcou nenhum gol esse ano.
Na Coudelaria, mais uma vez o Atlético City “caiu” em campo. A equipe perdia por 8 a 0 para o Unifera, quando aos 25 minutos do 1º tempo, deixou o campo com número insuficiente de aletas. Os gols foram marcados por Sagui (3), João Amadeu (2), Delei Esteves, Delei e Cosme.
Também na Coudelaria, o Ranchão assumiu a segunda posição ao bater a Vila Guarnieri por 4 a 2, em um bom jogo. Leandrinho (2), José e Gérson marcaram. Ivan, duas vezes, descontou.
 
De olho na classificação RANCHÃO encara o São Bento. Em : Gildo, Jovino, Chicão, Lua, Felipe, Gerson, Odair, Cupim, Duca, e Melquíades. Agacahos: Júlio, Lupercinho, Berto, Taíde, Lingueta, Gal, Térim, Joaquim e Luizão.
 
Equipe do Estrelas chega para o jogo contra a Pedreira.
 

Estrelas chega ao Colina Atlético em seu ônibus.

 

Para comemorar a Páscoa o time do Estrelas entrou usando orelhas de coelho.

 

Pedreira forneceu uma bolsa para cada jogador, com seus respectivos números de camisa.


Postado em 14/04/2012
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:3.242
Ontem:
Total:3.242
Recorde:3.242
Em - 22/11/18