FURTOS PELA CIDADE

Uma moradora da Rua 9 do Parque Débora saiu de casa na tarde do dia 15 e quando retornou à noite encontrou a porta da cozinha arrombada, constatando o furto de uma TV 39’.

A quantia de R$ 500,00 foi furtada de dentro do guarda-roupa de uma casa na Rua Fayez Ali Taha, no bairro Colina D, na noite do dia 16. O morador não estava em casa e só constatou o furto quando chegou na residência, que não apresentava sinais de arrombamento. A chave da porta da sala também sumiu.

Uma bicicleta foi furtada na madrugada do dia 12 na varanda dos fundos de uma residência na Av. Rui Barbosa. O alarme disparou e a empresa que monitora o sistema de segurança foi até o local. Os ladrões deixaram marcas de pé no muro. A casa foi assaltada dias atrás, quando dois indivíduos armados com faca e arma invadiram o local.

Aproveitando-se da ausência do morador no dia 14, indivíduos arrombaram a porta da frente de uma residência na Rua C do CDHU 2 e furtaram um notebook que estava em cima do armário da cozinha.

Uma aposentada, de 76 anos, foi à igreja no dia 16 e quando retornou para casa encontrou a janela do quarto aberta, com sinais de arrombamento, por onde ladrões entraram no imóvel e furtaram uma TV 32”. Os marginais pularam o muro da residência porque o portão não foi arrombado.

O celular de uma jovem, de 19 anos, foi furtado no dia 15, enquanto estava numa festa na Av. José Francisco Azedo – Jardim Andorinha.

ESTELIONATOS

Na manhã de sábado, dia 15, um correntista se dirigiu a uma agência bancária da Rua 7 de Setembro para sacar dinheiro do caixa eletrônico. Ele alegou que colocava a senha, mas na hora de sair o dinheiro aparecia uma sequência de zeros. Como não conseguia fazer o saque um homem, que estava no banco, disse para tentar fazer a operação em outros terminais. Na segunda-feira ele foi até à agência para saber o que havia acontecido e descobriu que foi sacado da sua conta a quantia de R$ 1.700,00. O gerente informou que tinha uma fita adesiva colada embaixo do caixa eletrônico e o instruiu a registrar a ocorrência.

Uma aposentada da Rua Alfredo Simões – Vila Cunha compareceu na delegacia no dia 17 comunicando que no dia 14 recebeu uma mensagem de texto no celular avisando que tinha sido feito um empréstimo em seu benefício do INSS, inclusive com o número do contrato, no valor de R$ 6.845,90 para pagamento em 72 parcelas de R$ 194,57. Ela foi até a agência do INSS e descobriu que o empréstimo, no valor de R$ 6.758,25, foi feito no dia 12. Mesmo dizendo que não autorizou ninguém a fazer nada no seu nome e que nem assinou nenhum documento foi avisada que deveria pagar a dívida. Na conta bancária da vítima também apareceu uma TED de R$ 414,44 de outro banco, o mesmo que realizou o empréstimo. Ela não concorda com o que aconteceu e vai procurar um advogado, pois não é justo pagar por esses valores.

Na tarde do dia 12 um homem ligou no celular de um morador da Vila Guarnieri passando-se pelo seu sobrinho, dizendo que estava vindo de São Paulo e que em Rio Preto o carro quebrou, pedindo para depositar R$ 700,00. Depois ligou novamente solicitando mais R$ 1.050,00. Os depósitos foram feitos por um colega da vítima que quando foi ao banco não conseguiu mais recuperar o dinheiro que já tinha sido depositado.

Um aposentado do CDHU 1 foi ao banco na manhã do dia 12 sacar o valor do benefício atrasado que tinha a receber e foi informado que uma pessoa, se passando pela vítima, esteve na agência no dia anterior e, mediante a apresentação dos documentos, sacou primeiramente R$ 3.683,00 e depois mais R$ 11.644,00. A vítima disse que não sacou da sua conta a quantia de R$ 15.327,00 e que nem esteve no banco na data e horário dos fatos. Uma pessoa desconhecida usou o nome e documento da vítima para fazer a operação, causando um grande prejuízo.

A crescente onda de estelionatos chamou a atenção da reportagem que procurou a delegada Denise Polizelli para saber o que deve ser feito para evitar estes dissabores. A delegada orientou que os correntistas devem aceitar ajuda apenas de funcionários credenciados, com a devida identificação. Disse também para que as pessoas evitem usar computadores ou conexões de terceiros para fazer acesso à contas bancárias. E por fim, quando perceberem algo de errado, procurar o banco e a polícia imediatamente para tentar evitar os prejuízos.

PORTE DE ENTORPECENTE

Ao checar denúncia recebida na tarde do dia 11 os PMs avistaram um indivíduo, de 33 anos, no cruzamento das ruas 8 e 15 do Nosso Teto. Com a aproximação da viatura ele retirou algo do bolso e jogou no chão. Na revista foi encontrada na sua mão 3 pedras de crack e no bolso a quantia de R$ 66,70 em dinheiro.  Ao vistoriar o local onde estava foi encontrado um maço de cigarros, cortado ao meio, com 8 pedras de crack e um invólucro de maconha (2g). As 11 pedras de crack pesaram 7g. Ele alegou que faz uso de entorpecente e que teria ido ao local comprar droga. A voz de prisão não foi ratificada na delegacia e o autor liberado após o registro da ocorrência como porte de entorpecente.

CARRO DERRUBA TRÊS POSTES

 No dia 15, às 20 horas, o condutor de um veículo trafegava pela Rua A do Jardim Califórnia e ao adentrar a Rua D perdeu o controle da direção e colidiu com um poste que caiu ao chão, derrubando mais dois postes. O motorista não sofreu ferimentos. Após a verificação da documentação ele foi liberado.

SUSPEITO DE ROUBOS EM RESIDÊNCIAS É PRESO

A pedido da Polícia Civil a justiça concedeu uma mandado de prisão temporária a um suspeito de estar cometendo os roubos à residências na cidade. Ele foi preso pela PM na segunda-feira, dia 17, às 17h30, no momento que caminhava pela Rua José Marques de Oliveira – Jardim Hípico. O suspeito, que já tem passagem na polícia, ficou internado na Fundação Casa quando era menor de idade. Os casos estão sendo investigados e nos próximos dias a delegacia deve ter novidades.

 


Postado em 22/07/2017
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1
Ontem:6.010
Total:42.793
Recorde:10.619
Em - 18/05/15

Warning: fopen(estatisticas/contador.txt) [function.fopen]: failed to open stream: Permissão negada in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 55

Warning: fwrite() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 56

Warning: fclose() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 57