Vida nova a estação

No dia 12 de outubro de 2017 podia-se ver o sorriso no rosto não só das crianças presentes na reinauguração do Museu Municipal mais daquela criança que escondida em um corpo idoso sorria saudosamente quando ouvia o apito da motolinha relembrando os tempos em que o trem trafegava por nossa cidade. Esse é o papel de um museu, somos feitos de memória e um povo sem memória é um povo sem história e histórias é o que Colina possui de melhor entre várias outras riquezas. O museu propõe uma viagem no tempo, o reencontro consigo mesmo e a oportunidade de aprender e refletir.  Viva esta experiência, preserve, contribua e permita-se olhar para si mesmo. Parabéns aos envolvidos que souberam envolver aqueles que desejam uma cidade melhor. A justa homenagem a pessoas que registram e registraram nossas memórias como o Sr. Nicola e a Sra. Syria Drubi (em memória), Renata Paro que registra as belezas da natureza de nossa cidade traçando importante elo temporal entre o passado e o presente e o que queremos para o nosso futuro. E depois de caminhar por tantas lembranças degustar um delicioso café orgânico e pensar... e se não fosse o café? Provar a geleia de frutas feita com tanto carinho e embalada com os principais atrativos de nossa cidade é hora de prestigiar nossa arte através de apresentações de artistas locais, e as lembranças? A imaterial não tem preço mais se quiser algo palpável há a possibilidade de se levar um pouco de nossa história através do artesanato local.  Que seja o primeiro passo para estações de envolvimento popular, respeito e acima de tudo uma cidade melhor!

Vagner Cotrim


Postado em 21/10/2017
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:9.014
Ontem:2.867
Total:11.881
Recorde:9.014
Em - 16/11/18