Falta pouco para o Censo Agropecuário ser finalizado

Representantes do IBGE repassam informações aos membros da comissão municipal, instalada em Colina antes do início do Censo.   

Falta muito pouco para o Censo Agropecuário em Colina e Jaborandi ser concluído. A informação foi repassada à imprensa pelos representantes da agência do IBGE/Barretos em reunião realizada com a Comissão Municipal de Geografia e Estatística, instalada antes da coleta de dados iniciada em outubro do ano passado.

A reunião, realizada na manhã de segunda-feira, 29, na Casa da Agricultura, teve a participação do encarregado do Dipam da Prefeitura, André Luiz da Silva, representante da Câmara, Suely de Oliveira e o técnico de apoio agropecuário da Casa da Agricultura, Alexandre Pereira. 

O chefe da agência do IBGE em Barretos, Jefferson Joel de Carvalho Júnior e o coordenador de subárea, Júlio César Mora, explicaram como o trabalho foi realizado e revelaram também que 95% do Censo está concluído, restando apenas a supervisão que passa por várias etapas. “Agora as usinas vão responder questionário de arrendatários e parceiros na produção de cana para não perdemos nenhuma informação, que não foi possível colher in loco”, explicou Mora que também informou, “o proprietário com área rural no município que não foi encontrado será localizado pela coleta descentralizada, ou seja, ele presta as informações onde reside e os dados são incluídos em nosso sistema”.

O chefe da agência do IBGE, que abrange 7 municípios da região, disse que os recenseadores visitaram todas as propriedades. “Com o aparelho de coleta de dados conectado à internet, com orientação de GPS, acompanhávamos em tempo real o trabalho dos recenseadores e supervisores, que também saíram à campo. O recenseador terá que retornar a propriedade caso alguma das informações estejam fora dos padrões”, frisou Carvalho Júnior.

Em março será realizada mais um encontro com a comissão para apresentação dos dados preliminares do Censo Agropecuário. “Através dessas informações a cidade conhecerá mais sobre as culturas, número de pés por hectare, as produções e rendimento médio regional, entre outros dados que serão um raio x para o município conhecer mais sobre suas riquezas”, salientou o chefe da agência do IBGE que agradeceu o apoio recebido da Prefeitura e da Casa da Agricultura. O Censo Agropecuário termina em fevereiro e os dados consolidados, colhidos a nível nacional, serão disponibilizados posteriormente. 


Postado em 03/02/2018
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1.000
Ontem:
Total:1.000
Recorde:1.000
Em - 18/10/18