Feira “Pedacinho de Colina”: vitrine dos artesãos colinenses

Alguns artesãos que participam da feira.

A tecnologia extinguiu muitas profissões, mas as características peculiares do artesanato ainda mantém viva o ofício do artesão que comemora o seu dia na mesma data de São José, na próxima segunda-feira, 19 de março.

Hoje a maior expressão do artesão em Colina é a Feira “Pedacinho de Colina” em que esses profissionais, com talento de artista, expõem os produtos confeccionados de forma manual que ajudam não só a reforçar a renda doméstica, como também na divulgação individual dos trabalhos.

Os artesãos tem se organizado e a comissão formada por eles possui cerca de 30 profissionais cadastrados, sendo que aproximadamente 20 deles participam da feira criada há cerca de um ano, durante a realização do Curso de Turismo Rural. “Os alunos, através do incentivo da professora e apoio da Administração Municipal, colocaram em prática todo conhecimento e implantaram a ideia que tem dado certo”, destacou Renê Ângelo Sasaki de Souza, secretário de Indústria, Comércio e Agricultura. Ele destacou, “a feira é totalmente isenta de taxas, pois o principal intuito é a geração de renda para os artesãos. Além do potencial de se tornar um grande atrativo para a cidade que está próximo de conseguir o MIT (Município de Interesse Turístico)”.

A feira vende produtos variados, que vão desde enfeites para casa até licores, geleias, etc. As peças são exclusivas e o preço fixado pelos artesãos, de acordo com grau de dificuldade, material utilizado e tempo empregado. “São preços justos que cabem no bolso de qualquer pessoa que aprecia as características exclusivas destes produtos”, explicou Renê.

A feira acontece, em média, duas vezes por mês. “No sábado, próximo ao dia 10, a feira é realizada na praça matriz e na outra oportunidade pode estar no mesmo lugar ou em algum evento realizado no município”.

O secretário destacou que o município tem procurado se aproximar dos artesãos colinenses. “Temos dando suporte, atendido vários pedidos e demandas. Os artesãos receberam aventais do Fundo Social. Os artesãos, juntamente com a prefeitura, vêm promovendo atividades e eventos em conjunto para a promoção e desenvolvimento do artesanato local”.

Para participar é preciso estar cadastrado e cumprir algumas regras e exigências. Os interessados devem procurar o artesão Cláudio ou a própria Secretaria, que funciona na Rua 13 de Maio, 891.

Os produtos são expostos em vários locais e na praça matriz.


Postado em 17/03/2018
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:3.714
Ontem:2.867
Total:6.581
Recorde:3.714
Em - 16/11/18