Hipismo proporciona bem-estar físico e mental aos praticantes

A estudante Letícia Alves de Souza Lima, de 19 anos, que cursa o 2º ano de Jornalismo na Unesp, campus de Bauru, escolheu o hipismo como tema da matéria veiculada no jornal “Extra!”, veiculado na própria universidade.

“O tema para essa matéria eram esportes diferenciados, que fugissem um pouco do comum. Escolhi o hipismo por ser familiar com o assunto, uma vez que Colina é a Capital Nacional do Cavalo. A escolha pelo Márcio Jorge foi porque é destaque internacional, além de colinense”, explicou a universitária que escreveu a primeira matéria relacionada ao hipismo. Veja a seguir matéria veiculada no jornal da Unesp em abril.  

Faces do Esporte: A atividade que promove bem-estar físico e mental

O hipismo é uma modalidade olímpica que leva lazer e benefícios aos seus competidores e praticantes

O Atlas do Esporte no Brasil, base de dados de atividades físicas, revelou em estudo de 2003 os esportes mais populares do país. No pódio, o futebol lidera com mais de 30 milhões de praticantes, seguido do vôlei, com cerca de 15 milhões, e do tênis de mesa, com 12 milhões. Entretanto, no Brasil, há diversas modalidades para serem exploradas. Este é o caso do hipismo, que pode beneficiar além da saúde física, o bem-estar mental.

O esporte surgiu na Inglaterra no século XVII e chegou ao Brasil com D. Pedro II, que trouxe com seu exército a estimulação da equitação nos quartéis e clubes civis. Hoje, é um esporte que evidencia a conexão entre o cavaleiro, ou amazona, com a sua montada, em provas divididas em categorias de perícia, velocidade e adestramento.

Márcio Carvalho Jorge, é anestesiologista e também possui carreira consolidada no hipismo, onde foi introduzido desde jovem com influência de seus pais e avós. Medalhista de prata e bronze nos Jogos Pan-Americanos de 2011 e 2015, participou das Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016 e conta que as preparações são realizadas a longo prazo. São feitas com treinos físicos e técnicos e com “competições nacionais e internacionais que dão experiência e consistência aos cavalos”.

Além do lazer, o envolvimento com os cavalos promove desenvolvimento biopsicossocial, segundo a fisioterapeuta Sabrina Breslau, que trabalha na Sociedade hípica de Bauru e é especialista em equoterapia. Ela ressalta a importância deste método, pois ele inclui pessoas com deficiência e/ou com necessidades especiais. Os benefícios, segundo ela, são o aprimoramento do desenvolvimento da força muscular, relaxamento, a conscientização do corpo e aperfeiçoamento da coordenação motora de quem possui tal déficit.

Atleta olímpico Márcio Carvalho Jorge com a égua Lissy. Camila Cintra


Postado em 07/07/2018
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1
Ontem:6.010
Total:42.793
Recorde:10.619
Em - 18/05/15

Warning: fopen(estatisticas/contador.txt) [function.fopen]: failed to open stream: Permission denied in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 55

Warning: fwrite() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 56

Warning: fclose() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 57