Livro e público foram os astros da Feira que promoveu o resgate cultural e valorização das raízes

Evento terminou com a sensação de que veio para ficar

CAPA – A participação maciça do público que prestigiou a intensa programação da 1ª Feira do Livro durante os seus 4 dias, confirmou que o evento foi um sucesso e veio pra ficar. Livro e público foram os astros da Feira que promoveu o resgate cultural e a valorização das raízes. A efervescência cultural tomou conta de crianças, jovens e adultos e a expectativa é grande para a próxima edição.

As raízes sempre falaram mais forte no coração do embaixador colinense Renato Prado Guimarães, que lançou o livro “Vou-me embora pra Colina!” durante a Feira do Livro.

 

A 1ª Feira do Livro de Colina “(Re)Vivendo a nossa História” realmente chegou para ficar, esse é o desejo unânime do público que elogiou muito à iniciativa que revitalizou a praça matriz durante praticamente toda a última semana. O evento trouxe visitantes de várias cidades, movimentou o comércio e nos envolveu com uma atmosfera de resgate cultural e valorização das raízes proporcionada pelo astro principal da feira: o livro.

O sucesso e inúmeros elogios ao evento, que realmente foi espetacular, não seriam atingidos sem a participação maciça das escolas, alunos e do grande público que interagiu com os escritores, prestigiou as brincadeiras e oficinas, assistiu as apresentações culturais e artísticas e se envolveu no clima que contagiou a cidade por quatro dias, de 7 a 10 de agosto.

A leitura foi apresentada das mais variadas formas nos estandes, quiosque cultural, sarau, contação de histórias e até dentro de um micro-ônibus que ficou estacionado dentro da praça com a mensagem “Quem lê, viaja!”, que resumiu o espírito do evento de estimular a leitura em todas as idades, principalmente na infância onde se cria o hábito que será cultivado por toda a vida. A ideia foi da EMEF “Antonio Daher” que decorou todo o interior do veículo para contar histórias aos passageiros que embarcaram nessa viagem.

O evento teve palestras e bate-papos com os escritores e à noite aconteciam as atrações musicais e culturais. Todas as escolas da cidade participaram, a garotada se divertiu muito no playground e também teve à venda de livros com preços especiais.

A abertura aconteceu na noite do dia 7 com a conferência do psiquiatra e escritor Augusto Cury, patrono do evento literário. A programação teve sequência no dia 8 com o lançamento do livro “Vou-me embora pra Colina!”, do embaixador Renato Prado Guimarães. No dia seguinte aconteceu a oficina “Conhecendo as Técnicas para construir Charges, Cartuns e Caricaturas” com o escritor Julinho Sertão e Toni Brandão que participaram de um bate-papo com os visitantes. Julinho também ministrou oficinas de humor no quiosque cultural e interagiu com o público durante toda a feira. Os pais do escritor Gabriel de Santos Souza também fizeram o lançamento do livro “Cidade Esquecida”, escrito pelo filho. A emoção tomou conta do casal e também dos alunos da ETAM “São Francisco de Assis”, onde Gabriel estudava antes do falecimento.  Na sexta-feira, último dia da programação, o escritor Costa Senna, também fez um bate-papo com o público e atendeu a todos com muita simpatia.

A programação foi mesclada com várias atrações como apresentações musicais e de dança, exibição de teatro, realização de brincadeiras, oficinas e declamação de poesias. Uma sala de cinema, do Colégio Cecília Meireles, foi montada na praça. A Orquestra Filarmônica de Santa Bárbara d’Oeste se apresentou na abertura da feira, que também teve exibição do Grupo “Escorregando no Chorinho”, Grupo “Arrastu Pé”, Companhia de Reis Irmãos Borges e do Grupo de Catira “Espora de Prata”.

As tendas com a culinária típica das colônias que fazem parte da história do povo colinense também foram um sucesso. Colinenses e visitantes experimentaram os sabores da gastronomia africana, italiana, japonesa, árabe e portuguesa.

As feiras literárias são mais comuns nas metrópoles, mas Colina provou que um evento, que já foi grande na sua 1ª edição, pode sim ser realizado. Que venham mais Feiras do Livro! Parabéns à Prefeitura pela iniciativa pioneira, à Secretaria de Educação e Cultura que se desdobrou na organização de todos os detalhes, as demais Secretarias e entidades colinenses que participaram ativamente, aos escritores pela disponibilidade e atenção demonstrados ao público, às atrações artísticas e culturais pelas belíssimas apresentações, a todas as escolas do município pelo que proporcionaram ao público e principalmente aos colinenses e visitantes, os personagens principais desta história que está começando...

Secretária Bete Neme discursa durante encerramento da Feira do Livro na noite de sexta-feira.

Os alunos da EE “Prof. Darcy Silveira Vaz” provaram que material reciclável pode também se transformar em roupa de festa e até em vestido de noiva. Participação criativa e consciente da escola no evento literário.

Durante os 4 dias o público participou e prestigiou as apresentações nos dois palcos. Interagiu com escritores e aplaudiu apresentações das escolas colinenses. 

 


Postado em 18/08/2018
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1
Ontem:6.010
Total:42.793
Recorde:10.619
Em - 18/05/15

Warning: fopen(estatisticas/contador.txt) [function.fopen]: failed to open stream: Permission denied in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 55

Warning: fwrite() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 56

Warning: fclose() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 57