Seminarista dá mais um passo a caminho da ordenação

CAPA - O seminarista colinense Pedro Henrique Lopes, 22 anos, cumpriu mais uma etapa a caminho da ordenação na terça-feira, 28, com a instituição dos Ministérios de Leitor e Acólito.

A missa de instituição dos ministérios ao seminarista foi celebrada pelo bispo D. Milton e prestigiada pelo padre Santana.

 

O seminarista Pedro Henrique Lopes, de 22 anos, conclui os estudos no final do ano que vem e antes da ordenação precisa cumprir alguns pré-requisitos na formação sacerdotal para se tornar padre.

Um dos ritos de passagem é a instituição dos Ministérios de Leitor e Acólito que foram concedidos na última terça-feira, 28, durante missa celebrada na capela do Seminário Maior “Sagrado Coração de Jesus”, em Rio Preto, por Dom Milton Kenan Júnior e concelebrada pelos padres formadores (reitores). Os ministérios são concedidos pelo bispo da diocese onde o seminarista pertence, que é o caso de Pedro e do companheiro de turma Carlos Araki, de Miguelópolis, que também faz parte da Diocese de Barretos. A cerimônia, mais reservada, teve a presença dos pais do seminarista, Marco Constâncio Lopes/Solange, irmã Giovanna e do padre Santana, grande incentivador para que o jovem colinense seguisse por este caminho.

Na homilia o bispo destacou que os seminaristas receberam aquilo que a Igreja tem de mais precioso: a Sagrada Escritura e o Símbolo da Eucaristia. “Vocês devem estar sempre nutridos da Palavra de Deus e da Eucaristia para seguirem a preparação para a futura ordenação”, disse D. Milton.

A missa difere das demais pelo fato que contém um rito composto da bênção dos candidatos e também da entrega da Sagrada Escritura fazendo alusão ao Ministério de Leitor e da Patena (recipiente onde se coloca a hóstia para a celebração eucarística) contendo o pão consagrado na missa.

Todos os candidatos ao presbiterado recebem os Ministérios de Leitor e de Acólito, que são concedidos no final do 2º e 3º anos de Teologia, respectivamente. A admissão às Ordens Sacras, que também faz parte das normas de formação da Igreja, Pedro recebeu durante celebração no mês de junho, na Cidade Maria.

“Esses ministérios não são exclusividade do padre e podem ser exercidos por qualquer fiel leigo na Igreja. O Ministério de Leitor torna a pessoa instituída leitor oficial da Igreja nas Ações Litúrgicas e na preparação para compreensão da palavra de Deus através da catequese, cursos e outras formações. A pessoa instituída no ministério de acólito ajuda o diácono a servir ao sacerdote na preparação do altar nas celebrações eucarísticas, ações litúrgicas e auxiliar na distribuição da comunhão”, explicou o seminarista que será o 4º padre da paróquia colinense, que já tem três presbíteros ordenados: Carlos Barbosa que exerce a carreira em Embaúba, Tiago Faccini Paro (São Paulo) e Luiz Paulo Soares que está em Barretos.

VOCAÇÃO FOI FORTIFICADA COMO COROINHA

O seminarista acredita que a vocação nasceu com ele e foi despertada nos mais de 10 anos que foi coroinha na igreja em Colina. “Venho de uma família tradicionalmente católica, onde a religião sempre foi algo importante. Desde criança fui incentivado pelos meus pais e avós a ter uma forte relação com a Igreja. Quando tinha 6 anos pedi ao padre para ser coroinha e, como muitas vocações, a minha foi fortificada no serviço ao altar, auxiliando padre Santana”, frisou o seminarista.

Como seminarista já atuou fazendo estágio pastoral em Guaraci, na Paróquia Senhor Bom Jesus, com o padre Hamilton. Em Barretos na Paróquia Santa Ana e São Joaquim com o padre Luiz Paulo e atualmente realiza estágio em Colina.

FAMÍLIA: BERÇO DE TODAS VOCAÇÕES

“Padre Santana sempre teve uma ligação com minha família desde que chegou em Colina em 1982. Ele incentivou a minha vocação e nesse período de formação me auxilia em tudo, apoiando e ajudando no meu discernimento. Costumo dizer que ele é o pai da minha vocação. Meus pais também sempre estiveram ao meu lado, o exemplo deles me fortalece a cada dia. A família é o berço de todas as vocações, sejam quais forem”, destacou Lopes. 

A caminhada de Pedro começou há 8 anos com o propedêutico, que é a preparação para o seminário e os 3 anos de filosofia. Agora ele está no estágio final que são os 4 anos de teologia. “Após a conclusão do seminário serei ordenado diácono e depois de um período no exercício diaconal recebo a ordenação para exercer a função de presbítero na Igreja. O padre não termina os estudos com a conclusão do seminário, mas é convidado a uma formação permanente. Continuo contando com a graça de Deus e o auxílio da oração de todos”, finalizou o seminarista.

O seminarista com os pais Marco/Solange e irmã Giovanna na missa de instituição dos ministros.


Postado em 01/09/2018
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1
Ontem:6.010
Total:42.793
Recorde:10.619
Em - 18/05/15

Warning: fopen(estatisticas/contador.txt) [function.fopen]: failed to open stream: Permission denied in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 55

Warning: fwrite() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 56

Warning: fclose() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 57