Dia 13 – Quinta-feira

Término do retiro dos padres em Alto da Serra – município de São Pedro

Dia 15 – Sábado

19h – Missa na matriz

20h – Missa na comunidade Santo Antônio – Faz. Estiva

Dia 16 – Domingo

08h – Missa na matriz

09h30 – Missa com as crianças na matriz

10h30 – Batizados na matriz

15h – Missa na Comunidade São José – Faz. São José

19h – Missa na matriz

Dia 18 – Terça-feira

20h – Missa na Comunidade Santo Antônio – Nosso Teto

Dia 19 – Quarta-feira

19h30 – Missa com novena de N. Sra. Perpétuo Socorro na matriz

20h – Reunião dos coordenadores das comunidades

“A IDENTIDADE DE JESUS E A IDENTIDADE CRISTÔ

Continuamos a beber da fonte da Palavra fornecida pela tradição das comunidades do evangelista Marcos (Mc 8, 27-35).

Diferentemente de religiões como o judaísmo e o islamismo, o cristianismo não é uma religião fundada em um livro sagrado, mas no seguimento de uma Pessoa, Jesus Cristo. Quem é essa pessoa? O que significa tornar-se discípulo, discípula dele? São essas duas perguntas essenciais que o Evangelho de Marcos quer responder.

As expectativas das pessoas e dos diversos grupos sociais e religiosas eram as mais diversas. Seria Jesus um legislador que vem exigir o cumprimento da lei de Moisés, tal como esperavam os escribas e fariseus? Seria alguém que vem purificar o mundo da corrupção do pecado, como pensavam os essênios refugiados no deserto? Seria um novo Davi que virá para restabelecer o reino de Israel, tal como esperavam outros grupos messiânicos? Ou seria Ele, o Servo sofredor anunciado pelo profeta Isaías, que dá a sua vida para libertar o povo sofredor?

O Evangelho de Marcos dá a resposta. O título do Evangelho apresenta-a de forma resumida: “Início do Evangelho de Jesus Filho de Deus” (Mc 1,1). Jesus é o Cristo, o Messias Salvador, o Filho de Deus. Sua Palavra e a sua atuação é o Evangelho, Boa Notícia. E é só o começo, o “início” do Evangelho. A continuidade se dará na resposta positiva que cada um dá a seu chamado em segui-lo assumindo o seu modo de ser e agir, tornando-se outro Cristo, uma pessoa cristã. Tarefa nada fácil, pois significa renunciar a si mesmo, tomar a sua cruz e segui-lo (Mc 34).

Pe. José Roberto Alves Santana - Pároco


Postado em 15/09/2018
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:4.403
Ontem:
Total:4.403
Recorde:4.403
Em - 15/10/18