Corpo de colinense é encontrado carbonizado no porta-malas do carro em um canavial

CAPA - A população ficou perplexa com o brutal homicídio que tirou a vida do borracheiro Pedro Rufino de Oliveira Rodrigues “Neto”, 43 anos, ocorrido no último sábado. O corpo foi encontrado carbonizado dentro do porta-malas do seu carro em uma propriedade rural entre Colina/Barretos.

O assassinato, com tamanha crueldade, mobilizou a Delegacia de Investigações Gerais – DIG de Barretos – que está empenhada em elucidar o caso, informou o delegado Antônio Augusto Miranda.

Neto era presidente e técnico do Patrimônio Futebol Clube que disputa o Campeonato Amador. A Secretaria de Esportes suspendeu a rodada do último domingo. O sepultamento, na manhã de domingo, atraiu dezenas de pessoas.

O corpo do colinense foi encontrado carbonizado dentro do seu veículo Santana em um canavial entre Colina/Barretos. Reprodução

 

A cidade ficou chocada no último sábado, dia 3, com a morte brutal de Pedro Rufino de Oliveira Rodrigues, conhecido por “Neto”, de 43 anos, que ao que tudo indica foi assassinado com requintes de crueldade.  

O corpo carbonizado estava dentro do porta-malas de seu carro, um Santana bege, ano 1985. O carro, totalmente destruído pelo fogo, foi encontrado por volta das 10h30 no interior de um canavial e estava a aproximadamente 100 metros da entrada da propriedade, que fica no Km 417 da Rodovia Faria Lima.

Os funcionários da fazenda acionaram a polícia que também foi alertada sobre a possibilidade da existência de um corpo carbonizado no porta-malas. A Polícia Militar deslocou-se ao local juntamente com um investigador e confirmaram a informação. A família foi comunicada dos fatos e disse que a vítima tinha saído de casa com o veículo na última quinta-feira e até o momento não havia retornado. Um perito e fotógrafo da Polícia Técnica estiveram no local. Também foi coletado material genético para comparação de DNA. A princípio o caso foi encaminhado ao plantão policial e registrado como encontro de cadáver.

As investigações, que estão sendo conduzidas pela DIG – Delegacia de Investigações Gerais de Barretos, onde o crime aconteceu, começaram no final de semana. Uma equipe de investigadores também esteve em Colina levantando informações. A Polícia Civil local está dando apoio ao trabalho, comandado pelo delegado Antônio Augusto Miranda que preferiu não dar detalhes do caso para não interferir nas investigações. O ponto de partida é reconstituir os últimos passos da vítima para saber se há relação com o homicídio.  

A confirmação de que o corpo realmente era do colinense aconteceu na tarde de sábado. A notícia deixou a população abalada já que a vítima tinha inúmeros amigos e era muito conhecido na cidade. A Secretaria de Esportes também adiou a rodada do último domingo do Campeonato Amador já que Neto era presidente e técnico do Patrimônio Futebol Clube. Dezenas de pessoas acompanharam o sepultamento na manhã de domingo.

Santana, que foi incendiado com o corpo no porta-malas e policiais ao fundo que realizaram os primeiros trabalhos no local do crime. Reprodução


Postado em 10/11/2018
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:8.627
Ontem:
Total:8.627
Recorde:8.627
Em - 15/11/19