Atendimento em duas Unidades de Saúde agora é feito no bairro onde munícipe reside

Os atendimentos em duas Unidades Básicas de Saúde são realizados conforme o bairro em que o munícipe reside. A mudança para o novo modelo de atendimento é uma iniciativa do Ministério da Saúde, que prevê que todos os municípios implantem 100% de Estratégia Saúde da Família (ESF) em sua rede de atendimento básico de saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que a ESF foi implantada em duas das quatro unidades de saúde existentes, na UBS Nosso Teto e UBS CDHU 2. “Os demais postos de saúde, UBS Vila Fabri e UBS São Sebastião, assistem todos os munícipes que procuram por atendimento. Toda população foi informada da mudança pelos agentes comunitários de saúde e nas próprias Unidades Básicas”, informou a secretária Dra. Sadia Ferreira.

O QUE MUDOU

Antes da implantação das ESFs os Postos de Saúde atendiam todos os munícipes, independente da região onde moravam. “Agora, com o novo modelo, o acompanhamento é feito através de um número definido de famílias, localizadas em uma área geográfica delimitada, onde a equipe atua com ações de promoção da saúde, prevenção, recuperação e reabilitação de doenças e na manutenção da saúde desta comunidade”, explicou a secretária que exemplificou como o novo modelo de atendimento funciona. “Assim, a ESF do Nosso Teto está disponível para os moradores deste bairro, Vila Guarnieri, Vila Hípica e Conjunto Habitacional ‘Djalma Ernesto Paro’ (Colina D) e também para os moradores das fazendas do entorno. Com a ESF do CDHU 2 acontece o mesmo, disponível para moradores das Cohabs 2 e 3, das fazendas próximas e também do CDHU 2”.

VANTAGENS PARA USUÁRIOS

A secretária disse que a principal vantagem da ESF é o cadastro e acompanhamento das famílias pela equipe de saúde, ou seja, toda a família é assistida através de ações de prevenção e promoção de saúde pela equipe multiprofissional da unidade. “As famílias são assistidas integralmente. A ESF oferta também atendimento médico domiciliar para as pessoas que estejam impossibilitadas ou com dificuldade de irem à unidade. Existem os grupos de apoio aos hipertensos e diabéticos, dentre outras ações específicas para a comunidade assistida; além do que a ESF fica mais próxima das famílias, gerando maior proximidade e afinidade dos usuários com a equipe de saúde. O que resulta em maior resolutividade nas ações de saúde e maior qualidade de vida da população assistida”.

ENCAMINHAMENTO PARA O AMBULATÓRIO DE ESPECIALIDADES

Para as especialidades que não tem nos Postos de Saúde, os pacientes são encaminhados para o Ambulatório de Especialidades “Itacy de Andrade” e para as demais referências do município como, por exemplo, o AME Barretos.

As unidades de saúde ofertam atendimento básico nas especialidades médicas de Clínica Geral, Pediatria e Ginecologia/ObstetrÍcia. Também ofertaM atendimentos nas áreas de Fisioterapia, Psicologia e Nutricional, além da Odontologia. “As UBSs ofertam atendimento previamente agendado, com o prazo máximo de 7 dias e também ofertam vagas para o dia. As consultas no Ambulatório de Especialidades são feitas em dias e horários diferentes, devido à disponibilidade dos profissionais, bem como à disponibilidade de salas de atendimento”.

A secretária ressaltou que toda população colinense tem acesso às unidades de saúde municipais e para os casos de urgência e emergência o Pronto Atendimento Municipal tem atendimento médico 24 horas.

Unidade Básica de Saúde do bairro CDHU 2 onde foi implantada o modelo de Estratégia Saúde da Família.


Postado em 09/03/2019
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1.452
Ontem:
Total:1.452
Recorde:1.452
Em - 17/09/19