Exposição itinerante conta a história da cultura do café

Visitantes observam painéis que compõem a exposição e que permanece no Museu até o início de maio.

Doze painéis integram a Exposição Fotográfica Itinerante “Memórias afetivas e a cultura do café na região noroeste paulista”, que teve início na tarde da última segunda-feira no Museu Municipal.

A abertura oficial aconteceu na manhã de terça-feira com a presença da assistente de ações técnicas Bárbara Paulote, que é coordenadora da exposição e representante do Sistema Estadual de Museus (Sisem) e ACAM Portinari que são parceiros da Prefeitura na realização do evento. O prefeito Dieb e esposa Liliana também prestigiaram o evento e convidaram toda população para prestigiar a exposição, com entrada gratuita.

A exposição foi inaugurada em Colina, a primeira cidade onde os painéis ficam expostos até o dia 2 de maio. Daqui segue para Barretos, Guaíra, região de Araçatuba e Rio Preto, terminando em Votuporanga após percorrer 8 cidades.

O projeto é de Evandro Júnior Ferreira da Silva, um estudioso de Votuporanga que com base em pesquisas históricas propôs levar a exposição itinerante a vários municípios da região noroeste, da qual Colina faz parte.

“A exposição conta um pouco da história de Colina que teve seu progresso ligado à cultura de café. A vida e costumes da época, arquitetura do período cafeeiro, ferramentas e maquinários utilizados, etc”, disse Bárbara que apresentou o projeto ao coordenador de atividades culturais Gilberto Gonçalves que viabilizou a parceria. “Estamos trabalhando para ter exposições periodicamente, inclusive para maio estamos com uma quase pronta sobre a memória ferroviária”, revelou Gonçalves.

A professora Elizabete Neme, responsável pela Secretaria de Educação, fez uso da palavra na abertura do evento e agradeceu aos parceiros.

Dois painéis da exposição retratam um pouco da história de Colina e também da Fazenda São Joaquim que, até hoje, mantém a tulha, serraria, terreirões e maquinários, classificador de grãos, entre outros, símbolos da arquitetura do período cafeeiro. A abertura do evento ainda teve a participação dos membros da Associação Amigos da Estação, integrantes do Grupo da 3ª Idade, secretários municipais, diretoras de escolas, professores e público em geral. Para incrementar o evento o Museu montou um espaço com várias fases que o grão de café passa, desde que é colhido, ate ser torrado e moído.

Os painéis estão expostos no Museu que funciona de terça a sexta das 8 às 11h e das 13 às 17h. Aos sábados a abertura é das 9 às 12h e na segunda-feira o Museu permanece aberto no período da tarde.

Painéis fotográficos compõem a exposição itinerante que está no Museu.

Secretária Bete, coordenador Gilberto, funcionária Angelita, Bárbara Paulote, representante do Sisem e ACAM Portinari e Dieb/Liliana na abertura da exposição.


Postado em 06/04/2019
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:8.537
Ontem:
Total:8.537
Recorde:8.537
Em - 15/11/19