Dia 09 – Quinta-feira

20h – Missa na comunidade São Sebastião

Dia 10 – Sexta-feira

20h – Missa na comunidade São João Batista – Jd. Simões

Dia 11 – Sábado

19hMissa na matriz

Dia 12 – Domingo – DIA DAS MÃES

07h30 – Missa no cemitério na intenção das mães falecidas

09h30 – Missa com as crianças na matriz

19h – Missa na matriz

Dia 14 – Terça-feira

19h30 – Procissão e missa na comunidade N. Sra. de Fátima – Faz. Colina

Dia 15 – Quarta-feira

19h30 – Missa com novena de N. Sra. Perpétuo Socorro na matriz

20h – Reunião com os catequistas no Lar Paroquial

A CONSTITUIÇÃO DO REBANHO DO SENHOR

Neste quarto domingo de Páscoa, o tema do reconhecimento aparece, mas de modo diferente, menos central. Somos chamados a refletir não sobre a identidade do pastor, mas, sobretudo, sobre a identidade das ovelhas, ou simplesmente, do rebanho.

As leituras falam ao mesmo tempo da identidade do pastor e da identidade das ovelhas ou do rebanho, bem como da ligação entre pastor e rebanho. O fio que nos une é a escuta ou o ouvir, para ser mais fiel ao texto. Ouvir é o mandamento por excelência do povo de Israel e, no evangelho de Jo 10, 27-30 aparece como o critério de reconhecimento as ovelhas escutam a voz do pastor, e porque escutam, ele as conhece. No livro de At 13, 14-52 novamente a escuta aparece como critério identificador, a diferença é de que ali, aqueles que têm por mandamento o “ouve, Israel” se recusam a ouvir a Palavra de Deus anunciada, enquanto os gentios, de quem não se exige tal conduta, a ouvem. Essa dinâmica de escuta e reconhecimento se completa na leitura do Ap 7, 9-17 que traz a imagem da recompensa dada àqueles que ouviram a voz do pastor e o seguiram. O Pastor-Cordeiro é o Cristo, divino-humano e, por isso, salvador desse rebanho.

A imagem do Cordeiro-Pastor nos diz muito sobre Jesus Cristo e sobre nós mesmos. É a perfeita imagem da relação única de Cristo com a humanidade. O nosso pastor não é alguém distinto de nós, mas alguém como nós. Ele participa da nossa condição e sabe para quais pastagens nos conduzir, a fim de chegarmos em segurança ao redil de Deus.

Pe. José Roberto Alves Santana - Pároco


Postado em 11/05/2019
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:4.030
Ontem:
Total:4.030
Recorde:4.030
Em - 17/07/19