“Mulekes da Dirce” bate Ninho do Azulão e conquista o 1º título no futsal

Secretário Renê, vice Campanholi e prefeito Dieb com os dirigentes e jogadores d’Os Mulekes, campeão do Futsal. Foto Zezinho

Enfim acabou a espera para Os Mulekes da Dirce, o time quebrou o tabu e conquistou o tão sonhado título do Campeonato Futsal 2019 na emocionante final realizada na noite de sexta-feira, 28. A Molecada derrotou o Ninho do Azulão por 5 a 4.

Empurrado por sua torcida, maioria nas arquibancadas, o time que tinha sido vice-campeão em 2017 e 2018, entrou em quadra para quebrar essa incômoda marca.

Do outro lado o jovem time do Ninho do Azulão, que jogava sua primeira final, depois de parar nas semis nos dois anos anteriores também queria sua primeira conquista e saiu na frente, logo aos três minutos, com Rubinho.

A “mulecada” se recompôs rápido, mas demorou para empatar, o que aconteceu nos minutos finais do 1º tempo com Pablo. Na volta do intervalo “Os Mulekes” fez dois gols em apenas três minutos com Flavinho e Matheus. O Ninho do Azulão não se abateu e buscou o empate com Rubim e Vitinho.

A partir daí o jogo ficou aberto, os times trocavam de forma frenética e com chances reais de gol. Então Caio marcou um golaço e fez 4 a 3 e com dois minutos para o fim, Matheus marcou o quinto. Pablo chegou a diminuir para 5 a 4, mas não dava tempo para mais nada. O apito final decretou o novo campeão do futsal colinense.

FINAL HISTÓRICA

André Michilini, técnico do Ninho do Azulão, destacou a juventude e o empenho do time que chegou à decisão e tem um futuro promissor pela frente.

Luquinha e Vinicius Brait, membros da diretoria d’Os Mulekes da Dirce, vibraram com o tão esperado título. Os dois perderam a final com os Mulekes em 2017 e 2018, e com o Ranchão em 2016. Depois do apito final comemoraram muito a conquista inédita. Eles agradeceram os jogadores, torcedores e patrocinadores pelo apoio e dedicação. Foi uma final histórica, equilibrada e repleta de emoção como há muito tempo não se via no futsal colinense.

PRÊMIOS

Além do campeão e vice, também foram entregues os prêmios:

Defesa menos vazada: Mulekes da Dirce (média de 2,786 gols por jogo)

Troféu Faira-play: AC 1 (média de 0,769 cartões por jogo)

Artilheiro: Vitinho (Ninho, 29 gols)

Melhor jogador da final: Matheus Peluco (Mulekes da Dirce)

Flashes da vitória d'Os Mulekes:

 

 


Postado em 05/07/2019
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:25.527
Ontem:
Total:25.527
Recorde:25.527
Em - 23/07/19