Colina está sem delegado titular

O déficit de policiais civis na região também afeta a delegacia colinense já que os profissionais trabalham em regime de escalas e plantões, o que acaba prejudicando o atendimento ao público.

A delegada Denise Polizelli não era mais titular da Polícia Civil em Colina desde abril, mas continuava respondendo pelo expediente. Ontem, dia 31, foi o seu último dia de trabalho à frente da delegacia colinense porque foi transferida para Colômbia, onde também não é titular e está apenas como responsável pela unidade. Em seu lugar assumiu o delegado Marcos Eduardo Marques que atuava em Colômbia e também não é titular em Colina, está respondendo pelo expediente até a nomeação de um titular. A troca foi decidida pela Seccional em Barretos.

“Estava muito atribulada pelo desempenho das funções na Delegacia de Defesa da Mulher em Barretos e conciliando com as atividades em Colina, que é uma unidade com cadeia. A troca por Colômbia foi feita por ser uma delegacia menor e sem cadeia anexa”, explicou a delegada que respondeu como titular por Colina por dois anos.

CASO ‘BRANCO”

O último trabalho da delegada em Colina foi a conclusão da investigação do homicídio de Laerte Izopp “Branco”, assassinado com um tiro na cabeça. O corpo foi encontrado há mais de dois meses na zona rural da cidade. O inquérito policial foi encaminhado ao Fórum na tarde de segunda-feira, dia 29.  Um dos suspeitos do crime continua foragido e outro está preso. Esse último teve a prisão temporária prorrogada e a delegada solicitou a conversão para preventiva à justiça.


Postado em 03/08/2019
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:5.038
Ontem:6.893
Total:11.931
Recorde:6.893
Em - 12/11/19