Troféu e medalha empolgam ainda mais Renê no “bodybuilder”

Renê Piai Torneli retornou do 50º Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo, em Limeira, ainda mais incentivado e empolgado em adquirir músculos para se tornar um “bodybuilder”. A apresentação dele aconteceu na manhã da última sexta-feira e na tarde do mesmo dia ele e a mãe já estavam em Colina.

O atleta, que tem Síndrome de Down, não quis esperar e foi à academia do Grêmio mostrar o troféu e a medalha que ganhou para a professora Silvana Basso Zapela, uma das incentivadoras na sua trajetória de dedicação ao esporte. Ele também se exercitou no final de semana aguardando a segunda-feira, quando foi para Barretos treinar e ver o amigo Artur Lujan de quem partiu o convite para participar do campeonato.

“Esse foi só o começo e tenho certeza absoluta que o Renê vai conquistar muitas medalhas e troféus”, disse o empresário barretense que é pai de uma criança com Síndrome de Down.  Ele destacou a importância da inclusão como objetivo comum de todos os envolvidos nesta iniciativa.

REPERCUSSÃO POSITIVA

A reportagem publicada no jornal da última semana resultou numa avalanche de curtidas, compartilhamentos e comentários nas redes sociais deste semanário. Tudo foi muito novo para Renê que não chegou a competir, fez somente uma apresentação com poses. Ele amou a pintura corporal e disse: “aparece mais os músculos e fica mais bonito”.

Os pais Rodrigo Torneli e Cristiane Piai e a família estão sempre ao lado do atleta, ajudando no que for preciso. Mas, esse sonho não teria se tornado realidade sem a colaboração dos patrocinadores e o apoio dos amigos tão importantes na vida do Renê.

Renê com a medalha e o 1º troféu conquistado no campeonato.

Antes da apresentação o corpo do atleta foi pintado.


Postado em 10/08/2019
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:18.824
Ontem:
Total:18.824
Recorde:18.824
Em - 16/10/19