Diocese afasta padre de Jaborandi por suspeita de aliciamento de menores 
 
Bispo e outros padres fazem as celebrações na Igreja Matriz de São Gabriel após afastamento do pároco.
 
O padre Aparecido Barcelos de Oliveira, 61 anos, está impedido de presidir missas, dar bênçãos e realizar sacramentos na Paróquia São Gabriel Arcanjo, em Jaborandi, por tempo indeterminado por suspeita de aliciamento de menores
O afastamento da paróquia jaborandiense, onde exercia as funções de pároco desde fevereiro de 2009, foi determinada pelo bispo D. Edmilson Amador Caetano que recebeu a denúncia de aliciamento, via telefone, no último dia 13. A reportagem entrou em contato com D. Edmilson que não quis dar detalhes, apenas informou que o afastamento das funções ocorreu imediatamente após a denúncia e que a Polícia Civil de Jaborandi instaurou inquérito para investigar o caso
“O processo canônico é regido pelas determinações da Congregação para a Doutrina da , que podem ser encontradas no site www.vatican.va no link “abuso de menores, resposta da Igreja”, declarou D. Edmilson, que acrescentou, “da parte da diocese, desde o dia 13 de junho, padre Aparecido está suspenso do uso de Ordens por tempo indeterminado. Isso quer dizer que não pode exercer suas funções de presbítero”
Em nota divulgada à imprensa, a Assessoria de Comunicação da Diocese comunicou que “irá acatar as determinações da Justiça Civil, cooperando com as investigações que serão encaminhadas à Congregação para a Doutrina da (Vaticano)”. 
BISPO E PADRES SE REVEZAM NAS CELEBRAÇÕES 
O próprio Bispo presidiu algumas celebrações nos dois últimos domingos e outros padres da diocese têm ajudado em outras. O escritório paroquial está aberto normalmente para atender o público. “Temos falta de padres e ainda, por um tempo, Jaborandi não terá uma padre servindo à comunidade”
O bispo diocesano também informou que durante as duas missas que presidiu no domingo, dia 17, informou os fiéis sobre o caso e das providências canônicas e civis que foram tomadas. “Conversei também com as famílias e os rapazes envolvidos na denúncia. O que conversei numa atitude pastoral, não tenho obrigação de tornar público”
Sobre a questão do crescimento dos casos de pedofilia, envolvendo padres e o posicionamento da Igreja Católica, D. Edmilson explicou que, “o Papa Bento XVI tem falado a vários episcopados sobre o assunto e pedido perdão por esta falta de testemunho. A justiça precisa ser feita na verdade. Estes casos não podem somente ficar em foro eclesiástico. A misericórdia e a caridade para com quem realizada tais delitos, deve também ser exercida, pois a pedofilia é um sério transtorno psiquiátrico e precisa de cuidados”. Ressaltou, “por outro lado, os problemas de pedofilia começam a aparecer e ser revelados em proporção maior, no seio das próprias famílias. Acredito que é um começo de libertação de traumas para as pessoas que foram abusadas e possibilidade de busca de cura para os deliquentes”
Dom Edmilson disse que não tem notícias se esse é o primeiro caso da diocese ou se aconteceram outros. O delegado Celso Spadácio, responsável pela Delegacia de Jaborandi, informou apenas que foi instaurado inquérito policial e as investigações estão em andamento

Postado em 30/06/2012
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1
Ontem:6.010
Total:42.793
Recorde:10.619
Em - 18/05/15

Warning: fopen(estatisticas/contador.txt) [function.fopen]: failed to open stream: Permission denied in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 55

Warning: fwrite() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 56

Warning: fclose() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/ocolinen/public_html/estatisticas/contador.php on line 57