COMERCIANTE CORRE ATRÁS DE LADRÃO

Um comerciante que mora próximo ao estabelecimento na Alameda F – Vila Hípica estava em casa na noite do dia 10, por volta das 21h50, quando ouviu o alarme da mercearia e correu para o local, onde viu um indivíduo saindo pela janela dos fundos em direção ao Nosso Teto. O comerciante correu atrás do ladrão que conseguiu fugir. Ao retornar ao estabelecimento encontrou a janela danificada, dando falta  de 6 isqueiros e cerca de R$ 30,00 em moedas que foram furtados.  

FURTOS EM RESIDÊNCIAS E CHÁCARA

Na tarde do dia 5, aproveitando-se da ausência do morador, indivíduos invadiram uma residência na Rua 5 do Jardim Primavera onde furtaram uma bicicleta, videogame, perfumes, produtos de higiene pessoal e carne que estava na geladeira. A casa não tinha sinais de arrombamento e a vítima acredita que os ladrões forçaram a janela para abri-la.

Mais uma casa da Rua João Pedro Paro – Patrimônio também foi alvo de furto. Meliante adentrou o imóvel pela janela do banheiro que não foi arrombada, furtando do local um notebook, grill, corrente de ouro e diversas roupas. A ocorrência foi registrada no dia 11.

Ladrões invadiram uma chácara da Rua João Pedro Paro – Patrimônio na tarde do dia 9 e aproveitando que o barracão dos fundos estava destrancando furtaram uma furadeira elétrica e uma lixadeira. Testemunhas relataram aos PMs que viram dois indivíduos pulando o muro do imóvel.

Uma moradora da Av. Rui Barbosa foi até a casa da vizinha na noite do dia 9 e quando retornou à residência, alguns minutos depois, encontrou o portão destrancado e o cadeado no chão, constatando o furto do ventilador.

No dia 9, às 17h, uma moradora da Av. Pedro O. Basso se ausentou da residência e quando retornou, duas horas depois, encontrou as portas da cozinha e despensa arrombadas e o guarda-roupa revirado. Meliantes invadiram o local e furtaram um botijão de gás.

MOTO APREENDIDA

Em patrulhamento na tarde do dia 15 pela Vila Guarnieri os PMs observaram uma moto estacionada irregularmente nos cruzamentos das ruas 7 e 16, quando saiu da residência um homem, de 25 anos, que se identificou como proprietário do veículo dizendo que não tinha a documentação porque tratava-se de moto de leilão adquirida em rede social. Pelo número do motor constava uma Yamaha azul, de São Paulo, só que a placa não tinha cadastro no sistema de veículos, o número do chassi estava suprimido e falta de licenciamento desde 2009. A moto ainda apresentava os pneus lisos sem condição de locomoção. O proprietário apresentou a nota de venda em leilão e foi liberado, mas antes foram feitas as autuações pertinentes e o veículo recolhido ao pátio.

Os PMs abordaram na tarde do dia 11, na Av. Dr. Moacir Vizzoto, o condutor de uma moto Honda/CG 125 Titan que foi removida ao pátio. Além do veículo estar sem licenciamento, desde 2018, foi constatada também a alteração da cor, placa sem lacre, chassi suprimido e sem documentação. O condutor apresentou uma nota fiscal que constava veículo para sucata e foi liberado.

PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO

O som alto dos cultos de uma igreja no Nosso Teto, que acontecem quatro vezes por semana, tem incomodado um dos vizinhos que tem um bebê que acorda assustado e perde o sono pelo resto da noite. O vizinho procurou a delegacia para registrar a ocorrência, alegando que no dia 15 o culto teve início às 16h30 e terminou por volta da meia-noite. Ele procurou a prefeitura e foi informado que a igreja não possui alvará de funcionamento.

PEDREIRO PERDE R$ 4 MIL NO GOLPE DO FALSO EMPRÉSTIMO

Os golpes virtuais fizeram mais uma vítima que através de rede social fez contato na tarde do dia 11 com uma empresa, que lhe ofertou crédito de R$ 20 mil para ser pago em 120 parcelas de R$ 339,00, mas antes pediu o envio da documentação pelo aplicativo de mensagens e a devolução do contrato assinado. Antes da liberação do empréstimo o pedreiro, de 59 anos, efetuou quatro pagamentos que totalizaram R$ 4.070,00 com a alegação que a quantia seria devolvida juntamente com o empréstimo do dinheiro. O golpe só foi percebido pelo pedreiro quando fez o último pagamento.

 


Postado em 20/03/2020
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:3.862
Ontem:1.584
Total:5.446
Recorde:3.862
Em - 11/08/20