Prefeitura decreta estado de emergência e estabelece restrições ao funcionamento do comércio

Considerando a necessidade de isolamento social e de evitar aglomerações para prevenir a disseminação do Coronavírus (Covid-19), a prefeitura decretou “quarentena” por tempo indeterminado desde a última terça-feira, dia 24. A medida acompanha decisão do Governador do Estado que fez o mesmo também a partir da última terça-feira.
O decreto, determina suspensão do atendimento presencial ao público para vários segmentos (comércio e serviços não essenciais, clubes, academias, feiras livres, templos religiosos, entre outros). 
A suspensão não se aplica a farmácias, postos de combustíveis, supermercados e também a outros setores como padarias, bares, lojas de conveniência, entre outros condicionado a proibição de consumo no local. Estes estabelecimentos também devem adotar medidas como limitar a quantidade de pessoas atendidas, disponibilizar álcool em gel e obedecer ao horário de funcionamento das 6 às 20 horas. O descumprimento às medidas acarretará multa de R$ 1.000,00.  A fiscalização será feita pela prefeitura e Polícia Militar. A decisão foi tomada em consenso com os comerciantes representados pela Associação Comercial, durante reunião na manhã de sábado, na área externa da entidade.
LIMITAR VENDA 
O decreto também estabelece a limitação da quantidade de produtos a serem vendidos para cada pessoa para que não ocorra o desabastecimento. 
EMERGÊNCIA

 

O prefeito também decretou situação de emergência na terça-feira, 24, onde estabelece a contratação de pessoas, serviços e aquisição de materiais para o enfrentamento da situação sem a necessidade de licitação. Determina à Secretaria de Saúde que adote diversas providências, como  ampliação do número de leitos, processo de triagem com rápida identificação de casos de Covid-19, utilização de lugares públicos para atendimento emergencial, contratação de profissionais, etc. 
 
A Rua 7 de Setembro, principal centro comercial, estava praticamente vazia na manhã de segunda-feira, 23. 
 
Comerciantes se reuniram com prefeito Dieb e os secretários Renê Sasaki (Indústria e Comércio) e Eduardo Polizelli (Jurídico) para definir sobre a “quarentena”. Foto Zezinho
 
 
 
 

Postado em 26/03/2020
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:68
Ontem:2.726
Total:2.794
Recorde:2.726
Em - 30/05/20