Barretos sediará curso para controladores de javali 

Alguns municípios do Estado já foram alvo de capacitação da Secretaria de Agricultura que conclui hoje, 7, o primeiro ciclo do curso para os controladores de javali do Estado. O treinamento começou pela cidade de Avaré no mês de setembro com a capacitação de centenas de manejadores.

O curso, disponível para todos municípios abrangidos pelas regional de Barretos, inclusive Colina e Jaborandi, será realizado no dia 1º de dezembro, das 18h às 21h30, no Clube de Tiro de Barretos localizado na Rodovia Assis Chateaubriand Km 100 (zona rural). O diretor do Escritório de Defesa Agropecuária (EDA) de Barretos, Adão Marin, está conduzindo os preparativos para a realização do treinamento.

Ele informou que a previsão inicial é de 150 vagas para um dia de capacitação e que, de acordo com a demanda, poderá ser realizado mais de um curso. As inscrições on-line são gratuitas e já estão disponíveis através do link: http://www.defesa.agricultura.sp.gov.br/www/eventos/inscricoes/?action=formularioInscricoes&id­_curso=89. Maiores informações no EDA Barretos: (17) 3322-8012 ou (17) 98176-4342.

“A partir desta capacitação os controladores estarão aptos a realizar a coleta de material para auxiliar na vigilância, sendo parceiros importantes para garantir a sanidade da cadeia suína no Estado”, destacou Marin que informou que as implicações sanitárias da invasão da espécie e o risco de disseminação de doenças; zoonoses transmitidas por manipulação e consumo de javalis; destinação de resíduos do abate para controle populacional de javalis (carcaças e vísceras) estão entre os assuntos abordados na capacitação.

O treinamento é parte das ações do Plano Integrado de Vigilância de Doenças de Suínos, que tem como objetivo fortalecer a capacidade de detecção precoce frente às doenças que são um risco para a suinocultura paulista, como a peste suína clássica e africana e a síndrome respiratória reprodutiva suína. Também são abordados no ciclo de palestras os riscos da população de javalis frente à pecuária, saúde humana e possíveis impactos econômicos.

PARCERIA PARA CONTROLE

No curso também é destacado o trabalho em conjunto com as associações e o Governo do Estado para mapear as principais áreas que o javali ataca para controle deste animal que é um problema. Além das doenças que transmite, afeta a flora, fauna e os recursos hídricos como nascentes, rios e córregos. A parceria do governo estadual com os municípios e associações é muito importante para o controle do javali.

Adão Marin, diretor do Escritório de Defesa Agropecuária de Barretos, que prepara o curso para a região. 

 

 


Postado em 08/10/2021
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1.017
Ontem:3.567
Total:4.584
Recorde:3.567
Em - 15/10/21